Mundo

Grã-Bretanha: os comunistas na ofensiva contra os sionistas

Nossos camaradas britânicos, que recentemente fundaram o Partido Comunista Revolucionário (RCP em sua sigla em inglês), têm jogado um papel relevante nas manifestações e acampamentos em solidariedade à Palestina, na Grã-Bretanha. Nas últimas semanas, eles tiveram a oportunidade de usar os meios de imprensa da própria burguesia para explicar, para muitas pessoas, o que de fato está acontecendo na Palestina.

Leia Mais »

Netanyahu será levado à justiça?

No dia 20 de maio, os veículos de mídia no mundo inteiro foram surpreendidos pela inusitada notícia de que o procurador-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Karim Khan, está pedindo mandados de prisão por crimes de guerra contra Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro israelense, e Yoav Gallant, o ministro da defesa.

Leia Mais »

Vitória histórica do movimento de massas na Caxemira controlada pelo Paquistão

Em 13 de Maio, mais de 500 mil pessoas reuniram-se em Muzaffarabad, a capital da “Azad” (“Livre”) Caxemira controlada pelo Paquistão, para exigir eletricidade e farinha de trigo mais baratas. A classe dominante, apesar de ter atacado brutalmente os manifestantes anteriormente, aceitou agora, parcialmente, as exigências das massas. Esta é uma enorme vitória nesta parte da Caxemira, onde as pessoas protestam há mais de um ano por estas demandas. Esta vitória enviou ondas de choque pelos corredores do poder.

Leia Mais »

Eurovision: manifestações em massa ante a hipocrisia imperialista

O Festival Eurovision da Canção começou em 7 de maio, em Malmö, na Suécia, ao mesmo tempo em que Israel lançava o seu ataque a Rafah, onde vivem atualmente mais de 1,5 milhão de refugiados palestinos. Em uma poderosa demonstração de solidariedade, Malmö respondeu com uma das maiores manifestações que a Suécia já viu em décadas.

Leia Mais »

Como os militantes da CMI intervêm no movimento de solidariedade com a Palestina

Publicamos aqui trechos da nota do Secretariado Internacional da CMI, de 8 de maio, que analisa o desenvolvimento do movimento de solidariedade à Palestina em diferentes países e orienta a intervenção dos militantes comunistas nestes protestos. Mesmo com diferentes graus de mobilização em cada país – no Brasil, por exemplo, até o momento não ocorreram manifestações de massas pró-Palestina –, o relato do movimento e da intervenção dos camaradas nos EUA, Canadá, Grã-Bretanha, Espanha etc., demonstra a radicalidade presente na base, em particular da juventude, em todo o mundo. A nota traz ainda lições importantes para a intervenção prática dos revolucionários comunistas em um movimento de massas deste tipo, construindo as forças do marxismo.

Leia Mais »

Detenham o ataque a Rafah! Lutem contra o imperialismo no front interno!

O ataque a Rafah, há muito planejado, começou. Na segunda-feira, 6 de maio, as Forças de Defesa de Israel (FDI) lançaram ataques aéreos contra a cidade e emitiram alertas de evacuação de cerca de 100 mil palestinos dos seus bairros a leste para as chamadas “zonas humanitárias” de al-Mawasi, em direção à costa, e a uma área a oeste de Khan Younis.

Leia Mais »

Estados Unidos: bandidos sionistas e policiais desencadeiam a violência

Na noite de terça-feira (30/04), a polícia nos Estados Unidos permaneceu impassível enquanto uma multidão de extremistas sionistas foi autorizada a atacar violentamente o acampamento de solidariedade à Palestina na Universidade da Califórnia, em Los Angeles (UCLA). Os protestos pacíficos pró-Palestina que eclodem nos EUA foram considerados violentos, racistas e …

Leia Mais »

Nem um centavo nem uma bala para a máquina de guerra israelense: declaração sobre a onda de protestos estudantis em solidariedade a Gaza

Nos Estados Unidos, mais de 60 universidades e faculdades viram estudantes e professores organizarem acampamentos em um movimento crescente contra o massacre em Gaza. Toda uma geração está se politizando e tirando conclusões sobre a natureza do imperialismo, o papel da polícia e do Estado e a necessidade de uma ação coletiva. No dia 17 de abril, estudantes e membros do corpo docente da Universidade de Columbia, na cidade de Nova Yorque, abriram o caminho com o seu acampamento no campus em solidariedade ao povo palestino, que está sendo submetido ao mais brutal ataque genocida por parte do regime sionista israelense. A faísca que espalhou o movimento pelos Estados Unidos foi a calúnia do reitor da Universidade de Columbia, Shafik, ao afirmar que o movimento de solidariedade à Palestina é antissemita, e o apelo à polícia para acabar com o protesto no campus.

Leia Mais »

Solidariedade aos estudantes presos nos EUA por defenderem o fim do massacre na Palestina

Os protestos estudantis contra o massacre na Faixa de Gaza estão se alastrando em diversos campi das universidades dos EUA. A opressão aos palestinos e a luta contra o financiamento dos EUA ao massacre promovido pelo Estado sionista de Israel estão politizando toda uma geração de estudantes, que agora ocupa a entrada das universidades, inviabilizando suas atividades.

Leia Mais »

Colômbia: a Assembleia Constituinte de Petro conseguirá romper o impasse?

Na sexta-feira, 15 de março, o presidente colombiano Gustavo Petro saiu às ruas de Cali. No discurso que proferiu naquele dia, propôs uma Assembleia Constituinte como forma de resolver os vários problemas que a sua presidência encontrou na tentativa de aprovar as reformas para as quais foi eleito. No discurso, …

Leia Mais »