Mundo | Ver Mais

Derrota, desmoralização e dissidência: a crise do imperialismo norte-americano

A retirada dos EUA do Afeganistão tornou-se uma humilhação total para o imperialismo dos EUA. Não apenas expôs um relativo declínio militar e econômico, mas também um crescente sentimento de cansaço pela guerra em casa. Os trabalhadores nos EUA estão fartos das infindáveis aventuras militares da classe dominante, enquanto as …

Leia Mais »

Haiti: terremoto, Covid-19 e saída para a crise

O terremoto catastrófico de 2010 no Haiti deixou 250 mil mortos e 1,5 milhão de desabrigados. Foi classificado como 7,0 na escala Richter, ocorreu a 10km de profundidade e 22km de distância de Porto Príncipe. O terremoto que aconteceu em 14/08 foi maior (e vale lembrar que essa escala é …

Leia Mais »

Afeganistão: a traição cínica do imperialismo dos EUA

A guerra mais longa da América terminou em vergonha e humilhação abjeta para o imperialismo dos EUA. Vinte anos após a invasão do Afeganistão, a força militar mais poderosa que o mundo já conheceu sofreu uma derrota total nas mãos de um bando de fanáticos religiosos primitivos. A queda de …

Leia Mais »

Afeganistão: Cabul cercada pela ofensiva do Talibã

Publicado em 13 de agosto (sexta-feira), o artigo abaixo analisa os desdobramentos da ofensiva do Talibã após o anúncio da retirada dos EUA do Afeganistão. Ontem, a capital Cabul foi tomada pelas forças do Talibã expondo a humilhante derrota dos EUA em uma guerra que durou cerca de 20 anos. …

Leia Mais »

Grã-Bretanha: O chão está começando a tremer

O Rei da Prússia disse uma vez que “assim que as nossas baionetas começarem a pensar, estaremos perdidos”. O mesmo pode ser dito do establishment em relação à juventude. Atualmente, em meio a esta crise, a classe dominante sente o chão começar a tremer sob seus pés. Há uma inquietação …

Leia Mais »

Incêndios florestais na Grécia: a culpa é da classe dominante

A imensa destruição causada pelos incêndios florestais em Varybobi, Evia e dezenas de outras áreas da Grécia não se deve apenas aos ventos, altas temperaturas e mudanças climáticas, como afirmam o governo do Partido da Nova Democracia e a mídia burguesa. A verdadeira causa desta catástrofe são as políticas reacionárias e …

Leia Mais »

França diante da quarta onda da Covid-19

Neste artigo, publicado originalmente em 22 de julho, a seção francesa da Corrente Marxista Internacional (CMI), Révolution, explica a evolução da pandemia no país e o contexto das manifestações recentes contra o passe sanitário. Uma nova onda da pandemia começou na França, seguindo uma curva que aumenta rapidamente. Na segunda-feira, …

Leia Mais »

Haiti: Assassinato de Moïse e o papel do imperialismo

O presidente haitiano, Jovenel Moïse, foi assassinado no início de julho. Muitos dos detalhes de seu assassinato ainda estão envoltos em mistério. Embora 27 suspeitos tenham sido presos e um total de 44 tenham sido detidos – incluindo quatro policiais e 18 ex-soldados colombianos – ainda há muitas perguntas, incluindo …

Leia Mais »

Golpe constitucional na Tunísia: nenhuma confiança na burguesia

Uma década depois de a revolução de 2010/11 expulsar o odiado ditador Ben Ali, uma onda de protestos contra o governo abalou a Tunísia. O governo foi derrubado por um golpe palaciano, mas não se pode confiar em nenhuma facção burguesa. As massas só podem confiar em sua própria força. …

Leia Mais »

Olimpíadas de Tóquio: quem quer que vença, os trabalhadores perdem

As confusas e muito atrasadas Olimpíadas de Tóquio começaram na semana passada. Os Jogos Olímpicos se desenvolvem sem torcidas e em meio à desaprovação geral dos trabalhadores e jovens japoneses, que temiam com razão o perigo de um aumento das contaminações do coronavírus. Nesta quinta-feira (29), o país registrou a …

Leia Mais »