Mundo | Ver Mais

Argentina: a crise do regime político e os desafios da classe trabalhadora

“Todas as relações fixas e enferrujadas, com o seu cortejo de vetustas representações e intuições, são dissolvidas, todas as recém-formadas envelhecem antes de poderem ossificar-se. Tudo o que era dos estados [ou ordens sociais — ständisch] e estável se volatiliza, tudo o que era sagrado é dessagrado, e os homens …

Leia Mais »

China: as contradições do capitalismo e o medo da classe dominante

Nos últimos dois meses, o regime do Partido Comunista Chinês (PCCh) tomou medidas drásticas que chocaram a sociedade e geraram especulação generalizada. O Estado disciplinou uma série de grandes corporações privadas ao instituir regulamentações abrangentes sobre a indústria do entretenimento. A motivação por trás dessas medidas foi inquietantemente resumida por …

Leia Mais »

Secas globais: a sede de lucro drena o planeta

Ante a pandemia, a crise ambiental ficou um tanto ofuscada. Seu impacto, no entanto, continua. Agora estamos colhendo as consequências das mudanças climáticas, com condições climáticas extremas se tornando cada vez mais comuns. Este ano, em particular, secas agourentas afetaram regiões espalhadas por todo o mundo. Califórnia, Brasil e Taiwan …

Leia Mais »

Peru: as tarefas dos marxistas e o governo de Pedro Castillo

Os acontecimentos que estão se desenvolvendo no Peru requerem atenção especial por parte dos revolucionários. Os escândalos de corrupção, a severa crise econômica e a má gestão estatal da pandemia evidenciaram as grandes contradições do capitalismo, pois as condições de vida são tão precárias e a pilhagem imperialista tão evidente …

Leia Mais »

A radicalização da juventude deixa a classe dominante com medo

Os jovens em todo o mundo estão “perdendo o jogo geracional” por causa da crise capitalista global. Essa é a conclusão tirada em um artigo recente publicado no Financial Times, o porta-voz das grandes empresas na Grã-Bretanha. Para horror da classe dominante, a crise está levando a uma crescente radicalização …

Leia Mais »

Guiné em turbulência após golpe militar

A turbulência tomou conta do empobrecido país da África Ocidental, a Guiné, desde que uma unidade de operações especiais do exército anunciou que havia capturado o presidente Alpha Condé e dissolvido seu governo no domingo. O líder do golpe e chefe das forças especiais do país, coronel Mamadi Doumbouya, anunciou …

Leia Mais »

11 de setembro, vinte anos depois

Há vinte anos, os Estados Unidos testemunharam o maior e mais sangrento ataque a seu solo na história moderna. Pelo menos 2.977 homens e mulheres morreram e pelo menos 25.000 ficaram feridos depois que uma gangue de terroristas chocou uma série de aeronaves comerciais nas Torres Gêmeas do World Trade …

Leia Mais »

20 anos do 11 de setembro nos Estados Unidos

Hoje marca o 20º aniversário dos ataques às Torres Gêmeas, em 11 de setembro de 2001. Abaixo reproduzindo uma série de artigos sobre os ataques de 11 de setembro e a “Guerra ao Terror”, produzidos pela Corrente Marxista Internacional (CMI). É fundamental tirarmos as lições políticas corretas desses eventos, para …

Leia Mais »

Japão: renúncia do primeiro-ministro e fim da estabilidade política

Na sexta-feira, 3 de setembro, o primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, anunciou que não participaria da disputa pela liderança de seu Partido Liberal Democrático (LDP), marcada para o final deste mês. Isso efetivamente significa que ele deixará o cargo de primeiro-ministro após apenas um ano no cargo. No entanto, dada …

Leia Mais »

Argentina: as eleições e a construção de uma alternativa revolucionária

A poucos dias das eleições primárias1, o capitalismo argentino, como expressão de uma crise maior que assola o mundo, mal consegue se manter à custa de um endividamento colossal. O Estado, dessa forma, resolve com o assistencialismo a impressionante escassez que percorre os bairros populares das cidades do país, tentando, …

Leia Mais »