História Geral

Anarquismo na Revolução Espanhola e na Guerra Civil: ação sem teoria é cega

Em julho de 1936, o golpe de Estado do General Franco foi derrotado através de uma revolta revolucionária da classe trabalhadora, e os anarquistas emergiram como a força dirigente. Contudo, seu programa e perspectivas revelaram-se impotentes, face aos acontecimentos.

Leia Mais »

50 anos do golpe de Pinochet no Chile: a derrota do reformismo

Há 50 anos, em 11 de setembro de 1973, ocorreu no Chile o Golpe de Estado contra o governo socialista de Salvador Allende. A eleição de Allende foi a primeira vez na história em que um candidato que se identificava como marxista chegou ao poder pela via eleitoral. Isso fomentou grandes ilusões entre os social-democratas de todo o mundo. No entanto, como presidente, Allende não conseguiu levar a revolução até sua conclusão. A contrarrevolução que se seguiu quando o General Pinochet e os militares – apoiados pelo imperialismo norte-americano – derrubaram o governo socialista de Salvador Allende foi implacável. O custo foi pago por milhões de trabalhadores chilenos. Neste artigo, recordamos este doloroso marco e recolhemos valiosas lições para o futuro da luta de classes.

Leia Mais »

A revolta no Equador marca o início do século 21

No começo do século, em janeiro de 2000, os trabalhadores equatorianos, por meio do Parlamento dos Povos, derrubaram o governo e colocaram na ordem do dia a possibilidade de tomada do poder. O texto que segue mostra em detalhes como se deu esse processo revolucionário, que por pouco não derrubou as instituições da democracia burguesa, colocando na ordem do dia a possibilidade de tomada do poder.

Leia Mais »

O posicionamento dos socialistas sérvios durante a Primeira Guerra Mundial

O dia de hoje marca um ano do início da Guerra na Ucrânia, um conflito que mobiliza as principais forças políticas e econômicas do mundo contemporâneo. Este artigo é publicado em nosso site para ajudar aqueles militantes que se reivindicam do marxismo a refletir sobre a posição a ser assumida tomando como referência aquela dos revolucionários durante a 1ª Guerra Mundial.

Leia Mais »

Nahuel Moreno, revisionismo e adaptação na Guerra das Malvinas

A política de Nahuel Moreno levada durante a Guerra das Malvinas é um exemplo do que não se deve fazer e uma demonstração que os esquemas, os clichês e a repetição de fórmulas esterilizadas não servem para a construção da organização revolucionária, nem para ajudar o movimento operário a avançar, e muito menos para se chegar à uma revolução vitoriosa.

Leia Mais »

Quando as tropas britânicas foram enviadas para as ruas da Irlanda

Há 50 anos, no dia 30 de janeiro de 1972, em um domingo, o exército britânico abriu fogo contra uma marcha pacífica pelos direitos civis em Derry, no norte da Irlanda. Quatorze pessoas inocentes foram mortas atrozmente. Durante décadas, a classe dominante britânica tentou encobrir a atrocidade. Quando as tropas …

Leia Mais »

Mianmar: um balanço da revolta de 1988

A Revolta de Mianmar em 1988 foi um ponto de inflexão na história do país. Pela primeira vez em mais de um século, as massas birmanesas enfrentaram diretamente uma ditadura militar e a derrubaram. Durante as lutas de massa contra o golpe militar em 2021, muitos ativistas buscaram inspiração na …

Leia Mais »

Pão, fé e terra: luta de classes na Alemanha (1524-1525)

A Alemanha não existia, ao menos não como a conhecemos. O poder estava nas mãos do Sacro Império Romano-Germânico, um conglomerado de territórios multiétnicos na Europa Ocidental e Central, que perdurou do ano 800 a 1806 e foi dissolvido com o advento das Guerras Napoleônicas. Dentre alguns reinos, como da …

Leia Mais »

Mariátegui e a Revolução Permanente

Diante da vitória de Pedro Castillo nas eleições presidenciais do Peru, coloca-se a necessidade refletir sobre o papel político e as elaborações teóricas de José Carlos Mariátegui. O partido de Castillo, chamado Peru Libre se reivindica “marxista-leninista-mariateguista”. No texto que segue, originalmente publicado na revista América Socialista em 2012, faz-se …

Leia Mais »

O Japão se encaminha ao desastre

Neste artigo escrito em 1933, Trotsky trata da política imperialista japonesa no momento em que o país parecia capaz de “dominar não só o continente asiático, mas também o mundo inteiro“. Trotsky realiza uma análise que vai além da superfíce para mostrar que a situação real era bem diferente, tese …

Leia Mais »