Felipe Araujo

Felipe Araujo
Coordenador do Movimento Negro Socialista (MNS) e professor de Filosofia da rede estadual - RJ

Os guardiões do Crivella

A Rede Globo de televisão fez uma matéria onde relata que centenas de funcionários da prefeitura do Rio de Janeiro, comandada por Marcelo Crivella, são pagos para impedir que os trabalhadores denunciem para imprensa o descaso com a saúde por parte da prefeitura. Assista à matéria: A notícia é um …

Leia Mais »

O Partido dos Panteras Negras em Autodefesa e a insurreição antirracista nos EUA hoje (parte 2)

A cooptação do movimento: políticas compensatórias, ações afirmativas e as teorias identitárias Como se não bastassem as várias contradições, divergências e problemas internos do partido, havia ainda a burguesia e suas inúmeras tentativas de desmoralizar e implodir os Panteras Negras: acusações falsas, implantação de provas forjadas, ataques nas grandes mídias, …

Leia Mais »

O Partido dos Panteras Negras em Autodefesa e a insurreição antirracista nos EUA hoje (parte 1)

“Tal como numa guerra, as pessoas não fazem uma revolução de boa vontade. A diferença está, todavia, em que numa guerra o papel decisivo é o da obrigação; numa revolução, não há obrigação, a não ser a das circunstâncias. A revolução produz-se quando não há outra solução” (A arte da …

Leia Mais »

A crise da educação em tempo de coronavírus

Na rede pública do Rio de Janeiro, desde o dia 16 de março que as atividades escolares foram suspensas presencialmente. Já em 13 de abril se iniciaram as atividades remotas oficiais, propostas (leia-se: impostas) pelo governador Wilson Witzel e pelo secretário Pedro Fernandes. Nesse período, vários foram os relatos de …

Leia Mais »

Quem paga a banda escolhe a música? – O caso da exposição do Santander

Recentemente uma notícia tomou conta das redes sociais: a polêmica sobre a exposição QueerMuseu, no Santander Cultural, em Porto Alegre. A exposição foi encerrada, após denuncias do Movimento Brasil Livre (MBL) sob a acusação de conter cenas de estímulo à “pedofilia, zoofilia e contra os bons costumes”. Nosso objetivo não …

Leia Mais »

O retorno das tropas brasileiras no Haiti e o racismo hoje

Após 13 anos, as tropas brasileiras deixaram o Haiti, em sua suposta missão de paz. Durante esse tempo um total de 37.500 militares participaram da ocupação e cerca de R$ 2 bilhões foram gastos com as operações criminosas realizadas no país, sob o comando do general brasileiro Ajax Porto Pinheiro.

Leia Mais »

Movimento Negro Socialista realiza atividades em Brasília

Realizamos no dia 25 de Agosto duas atividades do Movimento Negro Socialista (MNS). No Distrito Federal: A crise do capitalismo e a luta da juventude negra e austeridade e os impactos para a população negra. Essas atividades tiveram como objetivo dar continuidade  à construção  da luta contra o racismo e o …

Leia Mais »

Guarda Municipal de Crivela agride camelôs em Bangu

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro , a mando do prefeito Crivela, agrediu os vendedores ambulantes no calçadão de Bangu, bairro da zona Oeste da cidade, na última segunda-feira (28/8). Os trabalhadores resistiram da forma que puderam contra as bombas e agressões. Houve um confronto violento e as lojas …

Leia Mais »