Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes
Coluna da Esquerda Marxista e Liberdade e Luta no Ato Contra o Golpe na Bolívia

Esquerda Marxista intervém no Ato Contra o Golpe na Bolívia

Participamos do Ato Contra o Golpe na Bolívia que aconteceu em frente ao Consulado da Bolívia no Brasil, em São Paulo, na noite desta terça-feira. Nossos militantes intervieram com o jornal Foice&Martelo, bandeiras e palavras de ordem como “1, 2, 3, 4, 5 mil! Fora Imperialismo na Bolívia e no Brasil” e “Fora Bolsonaro”. Quando chamamos “Ahora Sí, Guerra Civil” [palavra de ordem nas ruas de La Paz], os bolivianos presentes a entoaram com muito entusiasmo e energia, para horror dos reformistas e defensores da democracia burguesa presentes, os mesmos que se recusam a chamar “Fora Bolsonaro”. Acompanhe a intervenção de nossa seção na Bolívia, Lucha de Clases – Bolivia, por meio da página especial com atualizações constantes Revolução e Contrarrevolução na Bolívia.

Esquerda Marxista no Ato Contra o Golpe na Bolívia

Participamos do Ato Contra o Golpe na Bolívia que aconteceu em frente ao Consulado da Bolívia no Brasil, na noite desta terça-feira. Nossos militantes intervieram com o jornal Foice&Martelo, bandeiras e palavras de ordem como "1, 2, 3, 4, 5 mil! Fora Imperialismo na Bolívia e no Brasil" e "Fora Bolsonaro". Quando chamamos "Ahora Sí, Guerra Civil" [palavra de ordem nas ruas de La Paz], os bolivianos presentes a entoaram com muito entusiasmo e energia, para horror dos reformistas e defensores da democracia burguesa presentes, os mesmos que se recusam a chamar "Fora Bolsonaro". Acompanhe a intervenção de nossa seção na Bolívia, Lucha de Clases – Bolivia, por meio de nosso site.

Posted by Esquerda Marxista on Wednesday, 13 November 2019

Bandeiras da Esquerda Marxista e da Liberdade e Luta no Ato Contra o Golpe na Bolívia, realizado em São Paulo

Caso não tenha Facebook, confira o mesmo vídeo aqui:

Deixe Seu Comentário
x

Confira Também

Sete dias de protestos na Colômbia

A situação na Colômbia está avançando muito rápido depois da greve nacional do dia 21 ...