John Peterson

EUA: O Terror Racista de Tulsa em 1921

Nota da Redação: John Peterson é dirigente de Socialist Revolution (Revolução Socialista), seção da Corrente Marxista Internacional (CMI) nos Estados Unidos. Este artigo cita fontes primárias que contêm insultos raciais, totalmente explícitos. Tomamos a decisão de incluir essas citações na íntegra para apresentar uma representação real e gráfica do veneno …

Leia Mais »

A “insurreição” de Trump e o caos da democracia burguesa dos EUA

O ano de 2021 começou com uma explosão. Se alguém ainda tinha alguma dúvida, os eventos de ontem expuseram a profundidade da crise do capitalismo dos EUA – e é apenas o começo. Mesmo nos turbulentos anos antes e depois da Guerra Civil dos Estados Unidos, nunca vimos o prédio …

Leia Mais »

EUA: o socialismo revolucionário e a luta contra o presidente de Wall Street

Joe Biden derrotar Donald Trump na corrida pela Casa Branca não deveria ser uma surpresa. Afinal, seu oponente era um astro incompetente de reality show que comandava uma economia devastada e uma pandemia descontrolada. Apenas alguns meses antes, o Comandante em Chefe foi forçado a se esconder em um bunker …

Leia Mais »

Zinoviev e a degeneração stalinista da Comintern

A Corrente Marxista Internacional (CMI) esteve comemorando no ano passado o centenário de fundação, de março de 1919, da Terceira Internacional (Comunista). Em particular, celebramos o compromisso e as extraordinárias lições de seus primeiros quatro congressos. Mas, apenas alguns anos depois de entrar no cenário da história, a Comintern¹ sofreu …

Leia Mais »

Eleições nos EUA e as tarefas dos revolucionários

Somente mantendo-se firme no princípio da independência de classe hoje e mantendo nossa bandeira política limpa, os socialistas revolucionários poderão atrair centenas e, em seguida, dezenas de milhares de trabalhadores no futuro.  Com a distração do impeachment como pano de fundo, as eleições de 2020 estão em pleno andamento. É …

Leia Mais »

O Gigante Começa a se Mover

O movimento trabalhista estadunidense teve algumas décadas difíceis. Depois de um pico de 34,8% em 1954, apenas 10,5% dos trabalhadores estadunidenses estão em um sindicato hoje e somente 7,2% dos trabalhadores do setor privado. Com os lucros das empresas, a acumulação de capital, os indicadores de mercado e a desigualdade …

Leia Mais »

O capitalismo dos EUA não é grande demais para cair

O seguinte editorial da edição número 15 de Socialist Revolution, a revista estadunidense da Corrente Marxista Internacional, foi publicado em 8 de maio de 2019. O cenário está claramente montado para outra perturbação econômica convulsiva. A crise que se aproxima trará à superfície todas as dúvidas e frustrações acumuladas durante …

Leia Mais »

Karl Marx está vivo e cheio de saúde

Há dois séculos, nascia uma criança cujo nome faria com que as classes dominantes do mundo temessem uma revolução comunista. E, no entanto, apesar de seus esforços centenários para desacreditá-lo, zombar dele e distorce-lo, o espectro de Karl Marx continua a assombrá-los. A razão é simples: Marx tinha razão! Mais …

Leia Mais »

Não se pode reformar o capitalismo – deve-se derrubá-lo

O interesse no socialismo disparou nos últimos dois anos. Milhões de pessoas anseiam por mudança e querem lutar contra o capitalismo. Elas estão buscando ideias e uma organização que possam ajudá-las a fazer exatamente isto. Mas ainda não há nenhum ponto de referência viável, nenhum partido socialista de massas, nenhuma …

Leia Mais »

Dez anos após a crise, por que necessitamos da teoria marxista?

Enquanto milhões de pessoas nos EUA estão em busca de uma saída para o impasse do sistema capitalista, fincar raízes nas sólidas fundações da teoria marxista nunca foi tão importante. Há dez anos, poucos estadunidenses se consideravam socialistas, e menos ainda estavam abertos a isso. Mas a vida ensina e …

Leia Mais »