Vitória da greve dos trabalhadores da limpeza pública de Florianópolis

Artigo publicado no jornal Foice&Martelo Especial nº 21, de 10 de dezembro de 2020. CONFIRA A EDIÇÃO COMPLETA.

Os trabalhadores da Autarquia de Melhoramentos da Capital (COMCAP), empresa pública de Florianópolis responsável pela coleta de lixo, varrição e limpeza de vias, entre outros, entraram em greve no dia 30 de novembro. Dentre as mobilizações, realizaram passeatas, atos públicos e panfletagem de porta em porta para sensibilizar a opinião pública e pressionar o prefeito Gean Loureiro (DEM) pelo cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) vigente. Essa greve contrariou as orientações de todas as centrais sindicais, inclusive a Central Única dos Trabalhadores (CUT), de que devemos evitar as mobilizações de ruas durante a pandemia — assim como fizeram os trabalhadores da Renault de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, que fizeram uma greve de 15 dias entre julho e agosto, tendo como reivindicação principal a reintegração dos 747 operários demitidos —, mostrando que a base está muito mais disposta a ir à luta com mobilizações reais do que as direções sindicais.

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES. CONTINUE LENDO.

Deixe Seu Comentário