Nota de solidariedade à jovem trabalhadora estuprada no local de trabalho em Joinville 

O capitalismo é o horror sem fim 

Na tarde desta quinta-feira (22/10) uma jovem trabalhadora foi estuprada em seu local de trabalho em uma loja no centro de Joinville, SC. A jovem em estado de choque relatou que o homem entrou na loja cometeu o crime e roubou R$220,00 da vítima, as câmeras de segurança registraram tudo.  

A vítima foi encaminhada ao Hospital Regional de Joinville. O homem entre 50 e 60 anos trajando roupa social fugiu do local. 

Toda nossa solidariedade com essa jovem trabalhadora. 

A violência contra mulher faz parte da vida cotidiana das mulheres trabalhadoras por todo o país, porque o capitalismo, além de subjugar a mulher através da exploração assalariada, busca transformá-la em propriedade privada. 

A barbárie do sistema capitalista cada dia fica mais exposta. Por isso, reafirmamos nosso desejo de transformação dessa sociedade degenerada que não garante o mínimo de segurança às mulheres nem mesmo em seu local de trabalho.   

  • Fim da violência contra as mulheres! Abaixo o machismo e o capitalismo! 
  • Exigimos a identificação e punição dessa escória social! 
Deixe Seu Comentário