Encontro Nacional de Núcleos do Movimento Mulheres Pelo Socialismo

Faça sua inscrição aqui!

A pandemia da Covid-19 desnudou a barbárie capitalista em que vivemos e o papel dos governos diante da anarquia do mercado. No Brasil, Bolsonaro sabotou a vacinação sendo responsável direto pela tragédia que já provou a morte de quase 600 mil brasileiros, segundo os dados oficiais. O aprofundamento da crise econômica e política, do desemprego, da violência e da miséria ataca o conjunto da classe trabalhadora e, em particular, as mulheres trabalhadoras, seja dentro do ambiente doméstico ou nos locais de trabalho.

A maioria das direções das organizações da classe trabalhadora e da juventude estão presas à conciliação com a classe inimiga e ao atual sistema. Prometem um retorno à um passado idílico que nunca existiu com as eleições de 2022, ao mesmo tempo em que afundam em um pessimismo que substituiu a luta de classes pelo idealismo das políticas identitárias.

Diante desse cenário a organização independente das mulheres trabalhadoras e jovens é fundamental para que possamos lutar pelas reivindicações transitórias e construir uma sociedade socialista, tendo como primeiro objetivo pôr abaixo o governo Bolsonaro, jogando na lata do lixo da história tudo que ele representa.

Ao longo de um ano e meio de pandemia o Movimento Mulheres pelo Socialismo (MPS) realizou uma série de atividades online e tem voltado às ruas junto com a classe trabalhadora em luta contra esse governo. No encontro do dia 25 de setembro iremos reunir militantes e ativistas do MPS, bem como aquelas que desejam conhecer nosso movimento e juntar-se a nós.

No Encontro retomaremos nossa Plataforma política de luta pela emancipação da mulher trabalhadora, dando continuidade à campanha Pelo direito ao aborto legal e público para todas e articulando com a necessidade de construção de um 8 de março de 2022 capaz de demonstrar a força da classe trabalhadora organizada.

Lutar pela emancipação da mulher é lutar pelo socialismo!

Todos são bem vindos! Inscreva-se e participe!

Programação:

Data: 25/09/21

Horário: das 15h às 17h30

– Informe Plataforma de luta das mulheres trabalhadoras: Francis Lima/MPS PR

– Informe O direito ao aborto na América Latina: os casos da Argentina, Uruguai e México: Ariele Efting/ CMI Argentina, Ana Karen/La Izquierda Socialista/México e Ana Cláudia da Silva/MPS Florianópolis

– Informe A luta das mulheres pelo aborto no mundo:  Ana Claudia Castro/MPS SP

– Debate: Relatos dos núcleos do MPS e intervenções

– Fechamento: encaminhamentos e perspectivas para o 8M – Francis Lima

Inscreva-se aqui: https://forms.gle/9xErSJDExyzJDtvg6

Deixe Seu Comentário