Início / Artigos / Maduro felicita Erdogan, o reacionário presidente da Turquia

Maduro felicita Erdogan, o reacionário presidente da Turquia

As eleições turcas deste domingo deram a vitória a Recep Tayyip Erdogan. Logo após o anúncio do resultado, o presidente venezuelano Nicolás Maduro expressou pelo Twitter suas felicitações a quem chamou de “irmão e amigo da Venezuela”. O presidente ainda frisou seu “firme compromisso para seguir aprofundando nossos laços de solidariedade e cooperação”.

Esse gesto de Maduro evidencia o caráter seu e do governo que desenvolve na Venezuela. Erdogan é um político burguês inimigo dos trabalhadores e dos povos oprimidos do Oriente Médio. Dirigindo diretamente o regime turco desde 2003, foi sob seu comando que o movimento operário, estudantil, de direitos humanos e dos curdos foram duramente reprimidos, com campanhas de criminalização, prisões e assassinatos. As liberdades democráticas são atacadas violentamente na Turquia cotidianamente.

É ao líder desse regime que Maduro expressa suas profundas felicitações. Por trás das palavras gentis, está o desejo de Maduro de caminhar no mesmo sentido de Erdogan e de seu governo, calando o proletariado e estabelecendo um regime burguês estável sob sua direção. O caminho de Erdogan foi aberto sobre a resistência, a repressão e o sangue das massas turcas. O de Maduro ainda será ditado pelo proletariado venezuelano, que seguidamente demonstra sua profunda consciência revolucionária, apesar dos ataques sofridos por parte da burguesia, do imperialismo e do próprio governo de Nicolás Maduro.

Deixe seu comentário

Leia também...

Bolsonaro prepara seu ministério de assalto (sem trocadilhos!)

“Nós, pequenos artesãos burgueses, que trabalhamos com o bom e velho pé-de-cabra, as modestas caixas …