Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes

Correios: pela reintegração imediata do camarada Cícero!

O carteiro José Cícero Oliveira Silva trabalha na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) desde 1998. Ele sempre participou das greves e mobilizações da categoria. Por diversas vezes, foi eleito delegado sindical na sua unidade, o CDD Itália em Campinas/SP. Também já participou de diferentes encontros e congressos sindicais e é militante da Esquerda Marxista. O camarada Cícero sempre questionou a política de desmonte e privatização dos Correios e de ataques aos direitos dos trabalhadores, desde o governo Fernando Henrique Cardoso até agora e também sempre cumpriu com suas obrigações e deveres profissionais.

Mas, apesar de não haver nada que o desabone em todos esses anos, a empresa demitiu o camarada por “justa causa” no último dia 15 de março. Isso foi feito com base num processo administrativo interno, aberto ano passado, no qual os Correios transformaram uma situação irrelevante de serviço em um pesadelo para o trabalhador. Situação causada, aliás, pelas péssimas condições de trabalho, que foram agravadas nos últimos anos pelos programas de desligamento de milhares de trabalhadores e pela implementação da Distribuição Domiciliar Alternada (DDA) e outras reestruturações.

A ameaça pesou sobre o camarada durante praticamente um ano e nenhuma das suas justificativas foi levada em consideração pela empresa, o que culminou com sua demissão. Não é a primeira vez que os Correios se utilizam de expedientes burocráticos para perseguir e demitir ativistas da categoria. É evidente o caráter de retaliação política por trás desse procedimento administrativo e o movimento sindical deve dar uma resposta firme contra essa decisão!

As centrais sindicais, as federações e os sindicatos dos trabalhadores dos Correios têm que lançar uma campanha de denúncia e solidariedade ao companheiro, inclusive financeira, para além das medidas judiciais que já estão sendo tomadas. Somente com os trabalhadores pressionando a administração dos Correios é que será possível a reintegração imediata do camarada Cícero e o fim desse tipo de perseguições e retaliações! Desde os anos 1980 e 1990, a Fentect, por exemplo, desenvolve uma campanha de anistia aos perseguidos políticos dos Correios e esse caso comprova a necessidade de seguir denunciando a empresa e defendendo os ativistas atacados.

Nos próximos dias, estaremos em campanha na base da categoria e, além disso, solicitamos que sejam enviadas moções para os endereços listados a seguir, conforme o modelo abaixo. Vamos também ecoar a campanha pelas redes sociais. Em cada reunião, plenária ou encontro de militantes, sugerimos que se tirem fotos com cartazes exigindo a reintegração imediata do camarada Cícero e marquem os perfis dos Correios como forma de denúncia.

Chamamos ainda os companheiros/as a realizarem contribuições financeiras para que o camarada Cícero possa participar das atividades de protesto e para ajudá-lo a reorganizar seu orçamento familiar nesse momento difícil. Contamos com a solidariedade de todos os nossos militantes, leitores e apoiadores!

  • Correios: reintegração do Cícero, já!
  • Nenhuma demissão, nenhuma punição aos que lutam!

Modelo de moção:

À presidência da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT):
presidencia@correios.com.br

À superintendência regional da ECT:
spigevec@correios.com.br

C/c à Fentect, ao Sintect-Cas e à Esquerda Marxista
fentect@fentect.org.br
sintect-cas@hotmail.com
rafaelprataem@gmail.com

Por meio desta moção, queremos expressar nosso repúdio à demissão do carteiro José Cícero Oliveira Silva, trabalhador lotado no CDD Itália, na cidade de Campinas/SP!

É evidente que, por traz do processo administrativo que culminou com sua demissão, esconde-se a motivação política em calar um trabalhador que sempre participou do movimento sindical, sempre foi contra a política de desmonte e privatização dos Correios e sempre foi contra as medidas que retiram direitos dos trabalhadores.

Com a certeza de que a causa da demissão não foi justa, exigimos a imediata reintegração do camarada Cícero aos quadros da ECT!

Contribuições financeiras:

Banco do Brasil
Agência: 6852-7
Conta corrente: 5.802-5
CPF: 172.753.758-00
José Cícero Oliveira Silva

* Favor enviar comprovante para rafaelprataem@gmail.com ou pelo Whatsapp (19) 98120-8105

Deixe Seu Comentário
x

Confira Também

Do movimento Fora Collor ao Fora Bolsonaro

Collor tomou posse em janeiro de 1990. Dois anos depois, imensas mobilizações de operários e ...