Balanço do primeiro encontro do Curso Online do CR-DF

Artigo publicado no jornal Foice&Martelo Especial nº 06, de 14 de maio de 2020. Confira a edição completa

No dia 2 de maio teve início o Curso online “Socialismo, Reforma ou Revolução?”, promovido pelo Comitê Regional da Esquerda Marxista no Distrito Federal. Para seu primeiro encontro, o curso teve como tema “Os ataques de Bolsonaro e dos Patrões e a demagogia de Ibaneis em meio à pandemia do coronavírus”.

O tema, apresentado pelo camarada Nathan Belcavello de Oliveira, desenvolve-se por meio de uma breve contextualização do mundo e dos governos Bolsonaro e Ibaneis, traçando-se uma análise, a partir da eclosão da atual crise econômica do sistema capitalista, com o denominado “estouro da bolha imobiliária dos Estados Unidos” em 2008, seguindo os reflexos sobre a economia brasileira e os desdobramentos sociais e políticos no país, destacadamente as jornadas de 2013 e o processo que levou ao impedimento da presidente Dilma, o estabelecimento do governo ilegítimo de Temer e as controversas eleições de 2018.

Seguiu-se, então, a apresentação da atual situação de pandemia do coronavírus e dos ataques, e os escandalosos atos e procedimentos do governo Bolsonaro no salvaguardar bancos, especuladores, grandes empresários e demais grupelhos – com liberação de mais de um trilhão de reais a bancos, garantias de suspensão parcial ou total de contratos de trabalho sem prejuízo a patrões, entre outras medidas – em detrimento à vida de milhares da classe trabalhadora, aos quais é ofertada a migalha de míseros R$ 600,00 de ajuda emergencial (R$ 200,00 segundo proposta inicial de Bolsonaro!), com uma maléfica demora na liberação. Absurdos entoados em coro pela parcela mais desavergonhada da burguesia brasileira. Nessa perspectiva, também foi tratada a posição, no mínimo dúbia, do governo de Ibaneis e sua recente aproximação com as odiosas orientações de Bolsonaro com relação à “gripezinha”, além da apresentação dos ataques que o governo de Brasília já empreendeu contra a classe trabalhadora.

Por fim, apontaram-se desafios e perspectivas da luta de classes e abriram-se para o debate entre os participantes do primeiro encontro.

Mesmo tratando, em parte, de um chamamento para um debate local, o curso contou com a inscrição de pessoas da Bahia, do Ceará, de Goiás, do Mato Grosso do Sul, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, além das de Brasília, totalizando 20 inscrições. Entre os inscritos no primeiro encontro é possível identificar trabalhadores e estudantes, jovens e adultos entre 15 e 40 anos, na maioria, mulheres (13 das 20 inscrições), que se sentiram imbuídos a conhecer e debater o que se desenvolve na atualidade e, principalmente, a necessidade de organização da classe trabalhadora e da juventude para seu enfrentamento.

Avaliando como satisfatório o resultado do primeiro encontro, os militantes do Comitê Regional da Esquerda Marxista, no Distrito Federal, darão continuidade ao curso online. Os próximos encontros serão nos dias 9 e 16 de maio, respectivamente, com os temas “Retirada de direitos e a luta pela vida da classe trabalhadora: em quem podemos confiar?” e “Programa Emergencial para a Crise no Brasil”. As inscrições podem ser realizadas pelo link: http://bit.ly/CursoSRR

Participe!

Deixe Seu Comentário