Teoria

A Oposição de Esquerda no Brasil

Este artigo foi originalmente publicado como apresentação ao livro "Na Contracorrente da História", uma coletânea de documentos produzidos pela primeira geração de trotskistas no Brasil. Fulvio Abramo, autor do texto publicado em 1987, foi um dos militantes que participaram dessa primeira experiência de organização.

Leia Mais »

Lições da Comuna de Paris

A cada vez que estudamos a história da Comuna descobrimos um novo matiz graças à experiência que nos foi proporcionada pelas lutas revolucionárias posteriores, não apenas a Revolução Russa, mas também a alemã e a húngara. A guerra franco-prussiana foi uma explosão sangrenta, prenúncio de uma imensa carnificina mundial; a Comuna de Paris foi como um relâmpago, anunciando uma revolução proletária mundial.

Leia Mais »

A revolta no Equador marca o início do século 21

No começo do século, em janeiro de 2000, os trabalhadores equatorianos, por meio do Parlamento dos Povos, derrubaram o governo e colocaram na ordem do dia a possibilidade de tomada do poder. O texto que segue mostra em detalhes como se deu esse processo revolucionário, que por pouco não derrubou as instituições da democracia burguesa, colocando na ordem do dia a possibilidade de tomada do poder.

Leia Mais »

Lissagaray: um relato vivo da Comuna de Paris

“A História da Comuna de 1871” de Prosper-Olivier Lissagaray, traz um relato vivo dos mais de dois meses da Comuna de Paris, a primeira experiência da história de um governo operário legítimo. Em seu formato final, a narrativa procura dar um panorama preciso desses acontecimentos de forma inédita, ou seja, segundo a ótica dos oprimidos, combatendo as distorções e o escamoteamento dos fatos, organizados pela historiografia oficial. A obra forneceu rico material de estudo, inspirou e foi lida avidamente por toda a geração de revolucionários do final do século 19, alguns dos quais viriam a ser os grandes dirigentes das revoluções proletárias do início do século 20.

Leia Mais »

Rosa Luxemburgo e os bolcheviques: dissipando os mitos

Rosa Luxemburgo foi uma notável revolucionária marxista, que desempenhou um papel fundamental na luta contra a degeneração oportunista da social-democracia alemã e na fundação do Partido Comunista Alemão. Infelizmente, no entanto, alguns de seus escritos e discursos são frequentemente usados para criar uma imagem completamente falsa do que ela representava, apresentando-a como uma oponente de Lênin e dos bolcheviques.

Leia Mais »

O posicionamento dos socialistas sérvios durante a Primeira Guerra Mundial

O dia de hoje marca um ano do início da Guerra na Ucrânia, um conflito que mobiliza as principais forças políticas e econômicas do mundo contemporâneo. Este artigo é publicado em nosso site para ajudar aqueles militantes que se reivindicam do marxismo a refletir sobre a posição a ser assumida tomando como referência aquela dos revolucionários durante a 1ª Guerra Mundial.

Leia Mais »

Contribuição ao debate sobre o teletrabalho – uma abordagem marxista

O teletrabalho foi elevado a primeiro plano na realidade de trabalho devido à obrigação de fechamento parcial e temporário da atividade econômica em diversos locais de trabalho, em meio à pandemia de Covid-19. Em especial nas áreas administrativa e de telecomunicações.  Esta não é uma mera questão trabalhista, tem um …

Leia Mais »

Cem anos da Marcha sobre Roma: o fascismo é uma ameaça atualmente?

Cem anos após o triunfo do fascismo na Itália, boa parte da esquerda está em pânico com a vitória eleitoral de Giorgia Meloni nas recentes eleições italianas. Poucos resistirão à tentação de fazer um simples paralelo histórico entre o que foi o triunfo da reação fascista depois do fracasso de um processo revolucionário com o que são umas simples eleições parlamentares na ausência de uma batalha decisiva entre as classes.

Leia Mais »