Teoria | Ver Mais

O verde e o amarelo são da classe trabalhadora?

Em torno do 7 de setembro, no 199° aniversário da Independência do Brasil, a classe trabalhadora esteve em meio às competições pela bandeira nacional e outros símbolos verdes e amarelos. De um lado, temos o ufanismo bolsonarista com sua política reacionária. De outro, a tentativa das direções sindicais em disputar …

Leia Mais »

A Revolução Afegã de Saur 1978: o que alcançou e como foi esmagada

Publicamos abaixo artigo que discute a Revolução de Saur, ocorrida no Afeganistão em 1978, mostrando o desenvolvimento político e social do país ao longo do século 20 e as lutas dos trabalhadores afegãos. Para saber mais, recomendamos a audição do último episódio do Podcast da Esquerda Marxista, neste link. Na …

Leia Mais »

O bolchevismo e a imprensa operária

Para Lenin, a construção da democracia operária andava junto com a existência de uma rede de organizações operárias com jornais de operários. O jornal Pravda, capitaneado por ele, almejava construir um fórum de informações vindas de fábricas e escritórios de toda a Rússia, para levar às massas notícias sobre suas …

Leia Mais »

Frederico García Lorca, poeta da revolução na Espanha

Neste sábado, dia 28 de agosto, será realizada mais uma etapa da Universidade Marxista Brasil (UMB), que dará continuidade aos debates sobre a história das revoluções. Na ocasião iremos estudar e debater os ensinamentos da Revolução e Guerra Civil Espanhola. Inscreva-se aqui. O poeta Frederico García Lorca é um dos …

Leia Mais »

Revolução de Saur do Afeganistão: a revolução suprimida da história

Quando um novo reinado de terror do Talibã se aproxima no Afeganistão, vale a pena lembrar uma página gloriosa e apagada na história deste país, a Revolução de Saur de 1978, que trouxe enormes avanços sociais. A origem do Talibã está aqui, quando o imperialismo norte-americano o criou, financiou e …

Leia Mais »

A classe, o partido e a direção: como organizar a revolução (parte 2)

Publicamos na sequência a segunda parte do artigo “A classe, o partido e a direção: como organizar a revolução”, escrito por Julien Arseneau, da seção canadense da Corrente Marxista Internacional (CMI). PARTE 1. Não é história antiga A Revolução Espanhola está longe de ser um exemplo isolado ou de pertencer …

Leia Mais »

A classe, o partido e a direção: como organizar a revolução (parte 1)

O capitalismo parou de levar a humanidade à frente. Deveria ter sido derrubado há muito tempo pela classe trabalhadora. Por que não foi? A chave da resposta está no papel da direção e do partido revolucionário. Este artigo, baseado em uma palestra durante a Escola Marxista de Verão de Montreal …

Leia Mais »

Engels: grande lutador e professor do proletariado moderno

“Que tocha da razão deixou de arder! Que coração deixou de bater!” (Nikolai Alekseievitch Nekrassov) Em 5 de agosto de 1895, faleceu na cidade de Londres, Friedrich Engels. Depois de seu amigo Karl Marx (falecido em 1883), Engels foi o mais notável cientista e professor do proletariado moderno de todo …

Leia Mais »

Richard Lewontin: o biólogo dialético (1929-2021)

Em 4 de julho, o célebre biólogo evolucionário Richard Lewontin infelizmente faleceu aos 92 anos. Raro entre os cientistas, a ciência e a política de Lewontin eram guiadas por uma perspectiva filosófica consciente, que ele defendeu com firmeza e assumidamente ao longo de sua vida. Lewontin era um marxista e, …

Leia Mais »

Fundação do Partido Comunista Chinês: heroísmo e tragédia

Há um século, em 1º de julho de 1921, o Partido Comunista Chinês foi fundado. Começou como um partido revolucionário genuíno liderado por quadros dedicados e heroicos, mas veio abaixo ante a trágica derrota na revolução de 1925-27. Hoje, o PCCh é um instrumento de dominação capitalista, mas sua história …

Leia Mais »