Arquivos de Tags: Venezuela

Saudação à declaração dos comunistas venezuelanos sobre as eleições na Venezuela

O Comitê Central (CC) da Organização Comunista Internacionalista (OCI) saúda a resolução da seção venezuelana da Corrente Marxista Internacional (CMI), Lucha de Clases, sobre a atual situação política e as eleições presidenciais na Venezuela defendendo que “os trabalhadores [venezuelanos] não têm, hoje, uma alternativa eleitoral capaz de expressar genuinamente suas aspirações”.

Leia Mais »

Resolução da seção venezuelana da CMI sobre o contexto político e a situação eleitoral

Confira a resolução de Luta de Classes – CMI Venezuela sobre o contexto político e a situação eleitoral, aprovada pelo Comitê Central da referida organização. Essa resolução é uma contribuição para o debate sobre qual posição os revolucionários conscientes devem defender nas próximas eleições presidenciais venezuelanas e qual o tipo de organização a classe trabalhadora precisa para colocar novamente de pé as forças do povo trabalhador da Venezuela.

Leia Mais »

5ª Escola Marxista Panamericana da CMI: reivindicamos a bandeira do comunismo revolucionário!

De 30 de novembro a 3 de dezembro de 2023, 110 camaradas da Corrente Marxista Internacional (CMI) reuniram-se na Cidade do México. Os países representados foram Brasil, Peru, Venezuela, Colômbia, El Salvador, Bolívia, Argentina, Chile, Cuba, EUA, Canadá e México (com camaradas de Monterrey, Sonora, San Luis Potosí, Oaxaca, Querétaro, Yucatan, Veracruz, Puebla, Estado do México e Cidade do México); bem como representantes da liderança internacional da CMI e convidados da Suíça, Suécia e Itália.

Leia Mais »

Conflito Venezuela-Guiana: por uma posição internacionalista!

No dia 3 de dezembro, foi realizado na Venezuela um referendo público consultivo, convocado pela Assembleia Nacional, sobre a disputa territorial da região de Essequibo, na Guiana. A escalada do conflito nesta região tem implicações profundamente reacionárias para ambos os povos. É imperativo que os comunistas adotem uma posição internacionalista.

Leia Mais »

Solidariedade com o Partido Comunista da Venezuela

O Partido Comunista da Venezuela (PCV) está enfrentando uma campanha de ataques, calúnias e golpes para retirar o registro legal e eleitoral de sua direção democraticamente eleita, por parte do PSUV e do governo. O seguinte comunicado de solidariedade foi aprovado por unanimidade pela direção da Corrente Marxista Internacional na reunião de seu Comitê Executivo Internacional.

Leia Mais »

A segunda “onda progressista” da América Latina: primeiro como tragédia, depois como farsa

A eleição de Lula, no Brasil, e de Petro, na Colômbia, em 2022, aumentou o ruído na mídia e nos círculos de esquerda sobre uma segunda “maré rosa” na América Latina. Essa é uma referência à onda de governos ditos “progressistas’ que governaram por vários anos, em vários países do continente, entre 1998-2015. Talvez seja mais apropriado descrever esses governos como uma maré “rosa”, pois certamente estão longe de serem “vermelhos” socialistas. É preciso examinar o caráter dessa primeira onda, os motivos que permitiram que ela durasse tanto, porque chegou ao fim, e as diferentes condições enfrentadas por esta nova onda.

Leia Mais »

Pelo fim do ataque de Maduro ao Partido Comunista da Venezuela

A direção do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), partido do governo na Venezuela, caminha para a fase decisiva de seu plano de minar o Partido Comunista da Venezuela (PCV). Em 21 de maio, um grupo de agentes a soldo realizou um fraudulento “Congresso Extraordinário de Filiais do PCV” em Caracas, usurpando a sigla e os símbolos do Partido Comunista e preparando o terreno para futuros ataques ao partido por parte do Estado.

Leia Mais »

Assalto ao PCV na Venezuela, o governo quer esmagar a esquerda

Os últimos cinco anos foram marcados por medidas governamentais no campo econômico e político, que expressaram claramente sua profunda e irreversível guinada à direita, sua passagem para o lado da reação e sua traição absoluta ao que foram em seu momento as conquistas da Revolução Bolivariana.

Leia Mais »

A injustiça contra Johana González continua

Desde abril de 2022, a ex-funcionária da PDVSA, Johana González, tinha um mandato de liberdade a seu favor. Já cumprindo um ano desde a expedição do mandato pelo Tribunal, ela permanece detida de maneira arbitrária, ilegal e inconstitucional no INOF, porque o Ministério de Serviços Penitenciários não executou a ordem, contrariando, assim, o artigo 44 da Constituição da República Bolivariana da Venezuela que estabelece que pessoa alguma permanecerá presa depois de tal ordem de liberdade, podendo isso ser entendido como um sequestro desta venezuelana.

Leia Mais »

Peru: todos por uma greve por tempo indeterminado, derrubemos o capital

Quase um mês se passou desde o golpe contra o governo de Pedro Castillo. Um golpe orquestrado pela CONFIEP, pelo aparato burguês do Estado, pelo Fujimorismo, pelas multinacionais mineiras e pela embaixada dos Estados Unidos contra um presidente democraticamente eleito pelo povo trabalhador do Peru. Participe da campanha O governo …

Leia Mais »