Arquivos de Tags: Trump

O “doomerismo” a serviço dos capitalistas

Por vezes, a geração Z é referenciada como "a geração doomer". "Doomer" é um termo popular da internet que se refere a alguém crente de que o colapso da sociedade é iminente, de que a humanidade é inerentemente egoísta e cínica, e de que, portanto, não há motivos para tentar melhorar nada. É claro, a maioria dos jovens não tem posições tão extremas quanto essas, mas as estatísticas apontam que a maioria dos jovens quase não tem esperanças em relação ao futuro.

Leia Mais »

Aaron Bushnell: um ato que expressa a ira e a frustração de milhões

Aaron Bushnell, membro do ativo da Força Aérea dos Estados Unidos, ateou fogo a si mesmo, no dia 26 de fevereiro, em frente à embaixada israelense em Washington, protestando contra a cumplicidade do imperialismo norte-americano com a guerra em Gaza. A notícia deste corajoso ato de autossacrifício cometido solitariamente por um homem ecoou poderosamente nos corações de centenas de milhares de pessoas.

Leia Mais »

Bolsonaro e as instituições

Na última semana se viu uma ofensiva na investigação e punição dos responsáveis pelos ataques contra os prédios dos órgãos dos três poderes no dia 8 de janeiro de 2023. Com as provas apresentadas, confirma-se o envolvimento no episódio de Jair Bolsonaro e de seus aliados, ainda que não diretamente na organização da invasão. Contudo, um dos elementos mais interessantes desse processo não é tanto repetir o papel criminoso dos membros do antigo governo, mas passa por perceber como atuam as instituições burguesas na busca pela manutenção da ordem.

Leia Mais »

Eleições 2024 nos EUA: por que o sistema de Biden e Trump precisa acabar

Os comunistas não têm ilusões de que mudanças sociais sérias possam resultar da farsa das eleições burguesas. Os marxistas compreendem que, no máximo, “aos oprimidos é permitido, uma vez a cada poucos anos, decidir quais representantes específicos da classe opressora os representarão e os reprimirão”, como Lênin expressou em O Estado e a Revolução.

Leia Mais »

A greve “Stand-Up” nos EUA levará os trabalhadores da indústria automobilística à vitória?

Em recente artigo nosso sobre a batalha contratual do United Auto Workers (UAW), dissemos que este seria um grande teste para Shawn Fain e para a nova direção do UAW. Explicamos que a questão chave seria se os novos dirigentes do UAW tentariam conduzir uma luta dentro dos limites do que é aceitável para o sistema capitalista, ou se desafiariam o próprio sistema que exige salários e condições precárias. A greve de Flint, Sit-Down, de 1936-37 ,e outras ocupações de fábricas de luta de classes lançaram o desafio aos patrões: quem realmente dirige a fábrica – os trabalhadores ou os proprietários?

Leia Mais »

Quem matou Prigozhin?

Quando a notícia do falecimento de Yevgeny Prigozhin chegou ontem às manchetes, os habituais especialistas apareceram na imprensa com a vivacidade de um bando de abutres, ansiosos por recolher os ossos de um animal morto na savana africana. Fizeram as perguntas mais profundas e interessantes: Prigozhin estava ou não no avião? Ele estava vivo ou estava morto? A organização Wagner sobreviveria ou pereceria? Poderá este ser mais um ponto de virada na guerra na Ucrânia? Significará a queda iminente de Vladimir Putin? E assim por diante.

Leia Mais »

Revelações dos Alphabet Boys: como o FBI se infiltrou e minou o Black Lives Matter

Os protestos do Black Lives Matter (BLM) no verão de 2020 abalaram a estrutura do capitalismo dos Estados Unidos. No auge, o movimento envolveu mais de 20 milhões de pessoas em 2.500 cidades e vilas, tornando-se a maior mobilização da história do país. Foram muitos os fatores que contribuíram para que o movimento terminasse em um impasse; entre eles, a falta de uma direção revolucionária. Mas, durante anos, alegou-se que os infiltrados do Estado ajudaram a minar o BLM. No entanto, havia pouca evidência irrefutável – até agora.

Leia Mais »

Estados Unidos: prisão de Trump aprofunda crise do regime

A situação política dos Estados Unidos está cada vez mais convulsiva. Pela primeira vez na história do país, acusações criminais foram feitas contra um ex-presidente. O fato de Donald Trump ser o atual favorito para a corrida presidencial pelo Partido Republicano em 2024 aprofunda ainda mais a crise do regime.

Leia Mais »

O imperialismo, a guerra e a esquerda: a capitulação de Chomsky 

Em recente entrevista, Noam Chomsky fez comentários elogiosos sobre a posição de Donald Trump em relação à Guerra na Ucrânia. Segundo o linguista norte-americano, o ex-presidente dos Estados Unidos teria feito “uma declaração muito sensível sobre como solucionar a crise, facilitando negociações em vez de miná-las”. Trump teria sugerido uma …

Leia Mais »