Arquivos de Tags: Sindical

Greves dos servidores públicos marcadas pela disposição de luta dos trabalhadores e adaptação das direções

Em 2024, os primeiros meses dos servidores públicos estão marcados pela mobilização de diversas categorias. As pautas levantadas estão ligadas à reposição das perdas salariais, reajuste e defesa dos salários ou pela existência dos planos de carreira e contra os avanços de políticas privatistas como a terceirização, imposição de plataformas digitais e de outros tipos de Parcerias Públicos-Privadas (PPPs).

Leia Mais »

Governo faz chantagens e manobras para desmobilizar greve na educação federal

O governo Lula se reuniu no dia 10 de abril com sindicatos dos Servidores Públicos Federais (SPFs) na Mesa Nacional de Negociação Permanente. A reunião, porém, foi marcada por chantagens, manobras e ataques ao direito de greve, visando enfraquecer e desmobilizar a luta por melhores condições de trabalho, carreira e reposição de perdas salariais.

Leia Mais »

Diretora exonera cargo no dia do aniversário de Barueri

A OCI recebeu o presente texto da Associação de Servidoras e Servidores de Barueri (ASSB). Após análise dos fatos relatados e constatando sua veracidade, entendemos a necessidade de auxiliar na divulgação dessa campanha, que é parte da luta do conjunto da classe trabalhadora. Assim, incentivamos a todos os nossos leitores e apoiadores a fazerem parte desta luta, contribuindo financeiramente e enviando as moções indicadas.

Leia Mais »

A luta pela revogação do NEM não pode parar!

Na noite do dia 20 de março, a Câmara dos Deputados aprovou o substitutivo apresentado pelo relator Mendonça Filho (União Brasil/PE) ao Projeto de Lei (PL) 5.230/2023 de autoria do governo federal que sugeria mudanças no atual Ensino Médio. O projeto segue agora para o Senado. É preciso afirmar de antemão e categoricamente que nem o PL 5.230/2023 nem muito menos o substitutivo revogam o Novo Ensino Médio aprovado durante o governo Michel Temer.

Leia Mais »

Campanha Salarial 2024: direção do Sinsej aposta que um mês seja suficiente para garantir e ampliar direitos, em meio aos golpes do governo Adriano contra o serviço público

Com o slogan “Serviço Público é a gente que faz”, que mais parece um slogan da secretaria de comunicação da gestão, a direção do Sinsej romantiza a situação caótica que vivemos com o desmonte declarado desse mesmo serviço e inicia a Campanha Salarial 2024. Aliás uma boa reflexão seria: Em que condições fazemos o Serviço Público?

Leia Mais »

Demissão motivada nas empresas públicas: a decisão do STF é uma vitória?

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou no dia 08 de fevereiro a ação que discutia a necessidade de motivação para a dispensa de trabalhadores concursados de empresa pública e de sociedade de economia mista. Por maioria de votos, o STF decidiu a que demissão não pode ser injustificada (sem justa causa). Embora tenha decidido pela necessidade de motivos para a dispensa, resta ainda ao STF definir a tese do julgamento.

Leia Mais »

A polêmica do “paralelismo sindical” na Apeoesp

No dia 23 de janeiro de 2024, aconteceu a primeira reunião do Conselho Estadual de Representantes (CER) da Apeoesp. O que era para ser uma reunião dedicada à organização da luta dos professores do estado de São Paulo, tornou-se o anúncio de uma campanha de perseguição aos setores de oposição à direção majoritária da categoria. A partir de uma acusação sobre o que chamam de “paralelismo sindical”, a direção da Apeoesp anuncia um início de ataque ao próprio direito das oposições existirem.

Leia Mais »

Os servidores públicos federais e as lutas em 2024

Os servidores públicos federais terminaram o último ano com a notícia de que não iriam receber qualquer reajuste salarial em 2024. O reajuste será feito somente em maio de 2025 e 2026, sendo duas parcelas de 4,5% cada. A proposta provocou a indignação dos servidores, afinal, em sua maioria, as diversas categorias têm perdas salariais que chegam a 45%.

Leia Mais »

Continuar a luta pela revogação do NEM

O projeto de lei nº 5230/23, a resposta do governo Lula-Alckmin para a luta pela Revogação do Novo Ensino Médio (NEM), foi enviado ao Congresso Nacional no dia 24/10 em regime de urgência. Ao chegar no parlamento, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), entregou para Mendonça Filho (União Brasil – PE), então ministro da Educação de Michel Temer que organizou em 2017 a aprovação do famigerado NEM, a relatoria do projeto de lei enviado pelo governo federal, que buscava alterar aspectos importantes do NEM.

Leia Mais »