Arquivos de Tags: repressão

Solidariedade com o Partido Comunista da Venezuela

O Partido Comunista da Venezuela (PCV) está enfrentando uma campanha de ataques, calúnias e golpes para retirar o registro legal e eleitoral de sua direção democraticamente eleita, por parte do PSUV e do governo. O seguinte comunicado de solidariedade foi aprovado por unanimidade pela direção da Corrente Marxista Internacional na reunião de seu Comitê Executivo Internacional.

Leia Mais »

Adolescente assassinado pela polícia na França: o movimento operário deve intervir!

O assassinato de Nahel M (um franco-argelino de 17 anos de idade) por um policial em Nanterre na manhã de terça-feira provocou uma poderosa onda de indignação e raiva em todo o país. Motins e protestos furiosos abalaram Paris por duas noites consecutivas, onde cerca de dois mil agentes de segurança foram mobilizados. Os protestos estão agora se espalhando para além da capital.

Leia Mais »

A opressão policial e racista no sistema capitalista

Mais um caso brutal de racismo cometido pela Polícia Militar de São Paulo rodou na internet, no dia 6 de junho, por meio de um vídeo em que um homem negro, acusado de roubar chocolate em um mercado no bairro Vila Mariana, foi amarrado pelas pernas e braços e arrastado pelos policiais, de uma forma que lembrava um pau de arara, instrumento de tortura usado em negros escravizados rebelados e que, na ditadura militar, foi usado para tortura de presos políticos.

Leia Mais »

Pelo fim do ataque de Maduro ao Partido Comunista da Venezuela

A direção do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), partido do governo na Venezuela, caminha para a fase decisiva de seu plano de minar o Partido Comunista da Venezuela (PCV). Em 21 de maio, um grupo de agentes a soldo realizou um fraudulento “Congresso Extraordinário de Filiais do PCV” em Caracas, usurpando a sigla e os símbolos do Partido Comunista e preparando o terreno para futuros ataques ao partido por parte do Estado.

Leia Mais »

Assalto ao PCV na Venezuela, o governo quer esmagar a esquerda

Os últimos cinco anos foram marcados por medidas governamentais no campo econômico e político, que expressaram claramente sua profunda e irreversível guinada à direita, sua passagem para o lado da reação e sua traição absoluta ao que foram em seu momento as conquistas da Revolução Bolivariana.

Leia Mais »

A injustiça contra Johana González continua

Desde abril de 2022, a ex-funcionária da PDVSA, Johana González, tinha um mandato de liberdade a seu favor. Já cumprindo um ano desde a expedição do mandato pelo Tribunal, ela permanece detida de maneira arbitrária, ilegal e inconstitucional no INOF, porque o Ministério de Serviços Penitenciários não executou a ordem, contrariando, assim, o artigo 44 da Constituição da República Bolivariana da Venezuela que estabelece que pessoa alguma permanecerá presa depois de tal ordem de liberdade, podendo isso ser entendido como um sequestro desta venezuelana.

Leia Mais »

França: lições do 28 de março

Outro dia de ação foi realizado na terça-feira (28) para se opor ao podre regime de Emmanuel Macron que, na semana passada, impôs o aumento da idade de aposentadoria francesa. A luta continua forte, evidenciada pelos milhões de pessoas que saíram às ruas. Mas, para que os trabalhadores e a juventude saiam vitoriosos em suas batalhas contra Macron, os velhos e falidos métodos dos dirigentes sindicais não serão suficientes. Confira o um balanço da última mobilização feito pelos nossos camaradas da seção francesa da Corrente Marxista Internacional (CMI), Révolution.

Leia Mais »

Israel: reforma judicial de Netanyahu divide burguesia e provoca enormes protestos

Uma luta mordaz e devastadora erupcionou dentro da classe dominante israelense. Faz apenas poucos meses que Benjamin ‘Bibi’ Netanyahu retornou ao seu posto, e ele está determinado a forçar o Knesset [Parlamento] de Israel a aprovar uma série de reformas judiciais. Ao fazer isso, ele enfureceu a maioria dos grandes capitalistas, que, por sua vez, tomaram a medida inusitada de impulsionar mobilizações com enormes multidões nas ruas. Quando a classe dominante parte para um conflito aberto dessa forma, ela carrega, consigo, o perigo de derrubar a farsa que em tempos "normais" dissimula o real funcionamento de seu domínio. O conflito presente não é uma exceção.

Leia Mais »

França: a luta avança, Macron deve cair!

A manifestação em massa de ontem (23) na França levou a luta contra Macron a novos patamares. Nos últimos dois meses, o movimento (desencadeado por um novo ataque à aposentadoria) vem se intensificando. Autoridades do governo esperavam que tudo voltasse ao normal no fim de semana, contando com o enfraquecimento do movimento após a manifestação de quinta-feira. Eles estavam errados. Ontem, 3,5 milhões de trabalhadores e jovens inundaram as ruas da maioria das cidades da França, enquanto as greves e protestos assumiam um clima decididamente mais militante.

Leia Mais »

Prisões e torturas contra organizações e representantes do proletariado e campesinato: a violência contra Galo e os companheiros da FNL

A Esquerda Marxista manifesta toda solidariedade ao companheiro Galo (Paulo Roberto da Silva), liderança do movimento dos trabalhadores por aplicativo, e aos companheiros José Rainha e Luciano de Lima da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL), vítimas recentes da repressão do Estado burguês.

Leia Mais »