Arquivos de Tags: reformismo

EUA: Construindo um partido socialista de massas – independência de classe vs. estratégia do “partido substituto”

“O primeiro grande passo importante para cada país recém-ingressado no movimento é sempre a organização dos trabalhadores como um partido político independente, não importa como, desde que seja um partido operário distinto”. Friedrich Engels, 1886 O debate sobre “a questão do partido” na esquerda dos EUA existe desde os primeiros …

Leia Mais »

O PSTU e o engodo da “greve geral sanitária”

No dia 07 de abril, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) publicou um editorial com o título: “A necessidade de uma greve geral sanitária”1. Também fez circular um vídeo2 nas redes sociais de Atnágoras Lopes, da Secretaria Executiva Nacional da Conlutas, defendendo o mesmo chamado. Veremos que, mais uma …

Leia Mais »

O canto de sereia da Renda Básica Universal

Com o aprofundamento da crise, o aumento do desemprego e da miséria, aparece com mais força a proposta de uma renda básica universal. Ela é apresentada tanto por setores da burguesia quanto por setores da esquerda. Neste artigo, buscaremos compreender a origem desta proposta, seus objetivos e se ela é …

Leia Mais »

300 mil mortos no Brasil por Covid-19 e a responsabilidade das direções dos trabalhadores

No dia em que o Brasil, oficialmente, atingiu a marca dos 300 mil mortos pela Covid-19, as centrais sindicais (CUT, CTB, Força Sindical etc.), partidos e movimentos sociais realizaram o “Lockdown em Defesa da Vida e dos Direitos”. A ação visava se contrapor à irresponsabilidade do governo Bolsonaro na administração …

Leia Mais »

#33 – 150 anos de Rosa Luxemburgo

O ano de 2021 marca os 150 anos do nascimento de Rosa Luxemburgo. Como não é possível ignorar ou apagar a história, a burguesia tenta ludibriar as verdadeiras lições de Rosa, bem como as verdadeiras lições legadas pelos revolucionários. O capitalismo tenta de alguma forma transformar a imagem de Rosa Luxemburgo em um produto vendável, em especial tenta marcar Rosa como uma crítica da Revolução Russa de 1917, o que, vindo da propaganda burguesa, é a mais pura difamação. Por outro lado, alguns movimentos vinculam a imagem dessa grande revolucionária alemã ao feminismo. Teria sido Rosa Luxemburgo uma feminista? Como foi sua trajetória política e quais foram seus principais combates dentro da poderosa social-democracia alemã e da Segunda Internacional? Mas afinal, quem foi e pelo o que lutou Rosa Luxemburgo? No episódio de hoje, para fazer essa homenagem à grande revolucionária Rosa Luxemburgo nos 150 anos de seu nascimento, André Mainardi recebe Maritania Camargo, professora da rede estadual de Santa Catarina e dirigente da Esquerda Marxista em Joinville.

Leia Mais »

Lula de volta ao jogo: por que e para quem?

Tudo indica que Edson Fachin, ao anular as condenações de Lula na última segunda-feira (8/3), tinha como objetivo bloquear o julgamento de suspeição de Sergio Moro pela segunda turma do STF, buscava assim salvar algo da já arranhada imagem do ex-juiz símbolo da Lava Jato. Mas Fachin não conseguiu impedir …

Leia Mais »

Canadá: socialismo ou renda básica universal?

Uma renda básica universal (UBI, em suas siglas inglesas) está sendo seriamente discutida em todo o Canadá, especialmente à luz da pandemia e dos vários programas federais de benefícios. A UBI é um pagamento incondicional feito a todos os cidadãos e geralmente é um pagamento garantido em dinheiro que todos …

Leia Mais »

Rosa Luxemburgo, o marxismo e a revolução

Em comemoração aos 150 anos do nascimento de Rosa Luxemburgo, publicaremos uma série de artigos ao longo do ano, analisando a vida e a obra desta grande revolucionária, seus acertos e seus erros. A história de Rosa Luxemburgo está intimamente ligada aos mais importantes eventos do século 20, passando pela …

Leia Mais »

O que está acontecendo em Mianmar e por quê?

O golpe militar realizado em Mianmar por Min Aung Hlaing, comandante em chefe do exército, em 31 de janeiro, desencadeou um movimento que os militares claramente não esperavam. O golpe pegou muitos de surpresa. Ninguém em Mianmar esperava por isso, e ele também não parece se adequar às necessidades do …

Leia Mais »

A “esquerda” e a crise de direção dos trabalhadores

As eleições do ano passado mostraram um recuo da influência das principais legendas de “esquerda”. O Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que, além de não vencerem para o Executivo de nenhuma capital, tiveram reduzidos o número de prefeitos e de vereadores. A experiência desses …

Leia Mais »