Arquivos de Tags: privatização

Nove dias de greve do magistério catarinense: avaliação, lições e rumos

Hoje, 1º de Maio, Dia Internacional de Luta da Classe Trabalhadora, completam-se nove dias de greve do magistério catarinense. Ontem, essa categoria realizou um dos maiores atos da sua história, em Florianópolis, com a participação de mais de 7 mil trabalhadores de todo o estado. Isso mesmo diante do mais alto nível de assédio moral já sofrido pelos profissionais da educação de Santa Catarina. A Corrente Sindical da OCI constroi a greve desde o primeiro momento. Ontem, participou do ato em Florianópolis e, como força reconhecida da categoria, elabora aqui uma avaliação, com as lições e possíveis rumos do movimento.

Leia Mais »

Tarcísio prepara parceria público-privada na gestão das escolas estaduais de SP

Em mais um violento ataque à educação pública, o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) anunciou a abertura de 33 novas escolas estaduais no estado, que serão construídas especificamente para serem entregues à iniciativa privada. Empresas interessadas disputarão um leilão em novembro deste ano para assumir a gestão dessas novas unidades de ensino.

Leia Mais »

Lutar contra as privatizações no Rio Grande do Sul

Desde a privatização da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), realizada pelo governo Leite (2019-2022), são inúmeros os exemplos de precarização do serviço, a qual começou pelas demissões de 50% dos trabalhadores da companhia, passando pela piora das condições de trabalho (o que levou à morte de três profissionais em serviço no ano passado), até o apagão que atingiu milhões de trabalhadores por uma semana em janeiro de 2024. 

Leia Mais »

Argentina: abaixo a repressão e o governo Milei

A Corrente Socialista Militante (CMI-Argentina) repudia a repressão ocorrida em frente ao Congresso da Nação no momento em que se discutia o pacote antitrabalhador da “Lei Ómnibus”, que entrega os recursos naturais do país nas mãos das multinacionais e pulveriza os salários e a poupança, já golpeada das famílias dos trabalhadores.

Leia Mais »

Continuar a luta pela revogação do NEM

O projeto de lei nº 5230/23, a resposta do governo Lula-Alckmin para a luta pela Revogação do Novo Ensino Médio (NEM), foi enviado ao Congresso Nacional no dia 24/10 em regime de urgência. Ao chegar no parlamento, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), entregou para Mendonça Filho (União Brasil – PE), então ministro da Educação de Michel Temer que organizou em 2017 a aprovação do famigerado NEM, a relatoria do projeto de lei enviado pelo governo federal, que buscava alterar aspectos importantes do NEM.

Leia Mais »

É uma guerra de classes! Frente Única contra o governo Tarcísio já!

Em meio a cassetetes e bombas de gás lacrimogêneo foi aprovada ontem (06/12) na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) a privatização da Sabesp. A tropa de choque foi acionada para esvaziar o plenário, e o que se seguiu foi uma repressão violenta deixando dezenas de feridos e detidos. Logo …

Leia Mais »

Argentina: vitória do candidato de extrema direita, Milei, revela crise do regime burguês

O candidato "libertário" de extrema direita, Javier Milei, venceu o segundo turno das eleições presidenciais na Argentina com quase 56% dos votos, derrotando o candidato peronista Massa (que obteve 44%), ministro das Finanças cessante do país que renovou um acordo com o FMI e prometeu um governo de unidade nacional.

Leia Mais »

Falta de energia em SP: só há uma responsável, a ENEL! Reestatização Já!

Desde o dia 3 de novembro, mais de 2 milhões de unidades consumidoras ficaram sem luz por dias na grande São Paulo. Entre elas, residências, comércios e escolas. Milhares de locais ainda permanecem sem luz. Até a noite da última terça-feira (7/11), era estimado que ainda havia cerca de 200 mil estabelecimentos sem energia. Além disso, também houve falta de água devido ao impacto da queda de energia nos reservatórios. Moradores da região metropolitana e da capital paulista se mobilizaram e protestaram contra a falta de luz e o caos após a chuva.

Leia Mais »

Poderá o Porto de Paranaguá enfrentar o mesmo destino que o Porto de Itajaí?

A resposta direta é sim. No entanto, para compreender o que está ocorrendo com os Portos do Paraná, é necessário voltar ao tempo da MP 595/12, que deu origem à Lei 12.815/13 durante o governo de Dilma Rousseff. Essa legislação foi criada em resposta a intensas pressões por parte de empresários do setor portuário e políticos influentes, como Michel Temer e Eduardo Cunha.

Leia Mais »