Arquivos de Tags: Pós-modernismo

Revolução Permanente ou luta camponesa anacrônica? Uma análise marxista do pensamento de Frantz Fanon

Vivemos em tempos nos quais teorias pós-modernas de diferentes matizes tomam conta das discussões sociológicas, políticas e até mesmo econômicas no ambiente acadêmico. Nesse contexto, principalmente dentro da perspectiva “decolonial”[1], uma série de autores são recuperados como forma de promover uma “narrativa não-eurocêntrica” sobre a história humana.  Nesta busca “decolonial”, …

Leia Mais »

Esquerda Marxista realiza vitoriosa Escola de Quadros: a teoria como guia para a ação

Editorial da 19ª Edição do jornal Tempo de Revolução. Assine agora o jornal impresso e, além de acessar a edição digital, receba em sua casa. Para assinar somente a versão digital, clique aqui. Realizada nos dias 4 e 5 de junho, a Escola de Quadros Nacional da Esquerda Marxista abordou …

Leia Mais »

A miséria da filosofia pós-moderna

Há mais de 20 anos, as ideias “pós-modernas” não param de ganhar terreno no mundo acadêmico. Por diluição, progrediram para outras esferas sociais. São o centro de teorias – interseccionalidade, teorias decoloniais, entre outras – que encontram eco até na esquerda reformista.

Leia Mais »

Walter Benjamin, entre a revolução e a pós-modernidade. Uma crítica marxista.

“(…) a luta revolucionária não é a luta entre o capitalismo e o Espírito, mas entre o capitalismo e o proletariado” (Benjamin). “Compreendi que a solidão não existe para nós quando a pessoa que amamos também está só, embora se encontre em um lugar diferente onde não podemos alcançá-la (…)” …

Leia Mais »

Introdução à História da Filosofia: Uma Perspectiva Marxista

O mais recente título da editora Wellred Books, The History of Philosophy: A Marxist Perspective, de autoria de Alan Woods, foi lançado no último dia 26. Publicamos a seguir um trecho da introdução do livro que explica a razão por que os marxistas revolucionários deveriam estudar a história da filosofia …

Leia Mais »

Política de identidades a serviço do capital: o Oscar e a ideologia dominante

Recentemente os organizadores do Oscar anunciaram novas regras para a premiação, incluindo critérios de representatividade para que os filmes possam concorrer pela estatueta. Trata-se de mais um movimento do capital em busca de lucro. O texto a seguir analisa como a política de identidades se torna parte desse processo de …

Leia Mais »

Em defesa de Hegel (parte 3)

Dialética “O ser, o imediato indeterminado, é de fato nada, e nem mais nem menos do que nada” (Ciência da Lógica, Hegel). Como afirmamos acima, o pós-modernismo levanta a “diferença” como o princípio (des)organizador dominante na história e na natureza. Em outras palavras, afirmam eles, a ilusão de categorias, estágios, …

Leia Mais »

Em defesa de Hegel (parte 1)

Georg Wilhelm Friedrich Hegel nasceu há 250 anos em 27 de agosto de 1770 em uma família pequeno-burguesa na cidade alemã de Stuttgart. Um gênio altaneiro com uma mente enciclopédica, Hegel revolucionou todos os campos do conhecimento aos quais se dedicou. O impacto das ideias de Hegel não pode ser …

Leia Mais »

O triste caso de Paul Mason: uma vítima do pós-modernismo

Um artigo de nossos camaradas britânicos de Socialist Appeal (“Narrativas, ‘guerras culturais’ e a Esquerda”) atraiu a ira do jornalista de “esquerda” Paul Mason. Ele disse que nossa organização, “em decadência”, precisa abandonar sua visão de mundo desatualizada. Alan Woods explica que o mingau ralo do pós-modernismo de Mason não …

Leia Mais »

Os limites pós-modernos das ideias de Foucault: uma crítica marxista

Michel Foucault foi um destacado filósofo francês do chamado pós-estruturalismo. Teve uma grande influência dentro da corrente pós-moderna de esquerda, entre a esquerda acadêmica e entre os ativistas de diversos movimentos, como o feminismo, o anarquismo e o neozapatismo. Muitos ativistas o veem como um complemento e mesmo como uma …

Leia Mais »