Arquivos de Tags: mortes

Prevent Senior: o horror capitalista na saúde

Há poucos meses foi noticiado que o “medo da pandemia” fez com que um milhão de pessoas voltasse a adquirir planos de saúde, mas essa expansão do mercado neste setor representou apenas a recuperação de uma contração prévia. O total de pessoas atendidas pelos planos de saúde no Brasil retornou …

Leia Mais »

Amazonas na CPI da Covid: o espetáculo hipócrita de um sistema em crise

No dia 15 de junho, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campelo foi ouvido na CPI da Covid. Para além da sua incapacidade de explicar as inúmeras irregularidades na saúde do estado e da tentativa dos senadores de salvar suas imagens agora que Bolsonaro está nas cordas, o que …

Leia Mais »

A mistanásia na pandemia é o assassinato social de Engels

A mistanásia é um termo pouco utilizado. A palavra vem do grego e é uma junção de mis (infeliz) e thanatos (morte), o que configura uma morte infeliz.  Podemos traduzir aqui como a morte miserável, antes da hora, conhecida como eutanásia social. São típicas de eventos de omissão de socorro, negligência, imprudência e imperícia. Analisando a …

Leia Mais »

Profissionais de saúde na linha de frente: sucateamento e mortes por Covid-19

A enfermeira Cristiane, 43 anos, chegou em casa após um cansativo plantão. O caçula de quatro anos correu pelo corredor para abraçá-la. “Eu pensei: ‘vixe, e agora?’. Do nada apareceu meu marido Raimundo, também enfermeiro, e segurou o pequeno de última hora, sabe? Ele o abraçou e falou ‘Temos que …

Leia Mais »

Por que o capitalismo também mata mais negros na pandemia?

Sob a batuta de um governo lacaio do imperialismo, entreguista, obscurantista e negacionista, o Brasil chega ao final do 1º ano da pandemia com a contribuição horripilante no saldo mundial de 294.042* mortos. Sem medidas concretas para barrar o avanço da pandemia, a desgraça recai com muito mais violência nas costas de uma grande parcela da classe trabalhadora que não tem a alternativa de trabalhar de casa e, portanto, fica muito mais vulnerável ao contágio do vírus.

Leia Mais »

Amazonas: a pandemia, a vacina e a luta de classes

Novamente o Amazonas se tornou uma amostra de como a pandemia de Covid-19 revela todas as engrenagens sórdidas do sistema capitalista e sua completa incapacidade de garantir à classe trabalhadora condições mínimas de vida. Já afetado por uma primeira onda devastadora entre março e maio de 2020, a partir de …

Leia Mais »

As vítimas da polícia no Rio de Janeiro

O ano de 2021 começou e trouxe consigo as mesmas táticas perversas já conhecidas: o número de mortos pela polícia nas favelas do estado do Rio de Janeiro não para de crescer. A maioria dos mortos são negros,  o que deixa evidente o racismo e a brutal repressão da classe …

Leia Mais »

Manaus hoje é o resto do Brasil amanhã

Na última semana os principais jornais do país começaram a divulgar a tragédia já anunciada em Manaus. Hospitais da capital do Amazonas começaram a relatar óbitos por falta de oxigênio. O integrante da equipe do Ministério Público Federal (MPF) que atua no combate à pandemia na região, Igor Spindola, afirmou …

Leia Mais »

A Covid-19 e a segunda onda no Brasil

Após recuo dos números de pessoas contaminadas ou mortas pela Covid-19, o mundo todo tem registrado aumento expressivo de casos da doença. Apesar da discussão se os países estão vivendo uma segunda onda de contágio ou a continuação da primeira, já que novos casos e óbitos continuaram a existir ininterruptamente …

Leia Mais »

Morte e vida proletária

Na UTI do Hospital Tide Setubal, localizado em um bairro proletário de São Paulo1, 95% dos pacientes com Covid-19 morrem. No Rio de Janeiro, um estudo feito pela Fiocruz mostrou que o percentual de mortes nas UTIs de hospitais públicos é o dobro do percentual nos hospitais privados. É uma …

Leia Mais »