Arquivos de Tags: marxismo

#38 – Nicarágua 79: A Revolução Sandinista, a FSLN e a face reacionária do mandelismo

Em julho de 1979 a Frente Sandinista de Libertação Nacional toma o poder na Nicarágua, encerrando mais de 40 anos de ditadura da Família Somoza, patrocinada pelos EUA. Foi um processo bastante amplo e radical com o emprego da luta armada e mobilização de todos os setores da sociedade, especialmente da classe trabalhadora. Entretanto, a aparente radicalidade do movimento se traduzia em um programa e em uma prática de colaboração de classes, que não apenas custou um alto preço aos trabalhadores como também aos militantes que propunham a verdadeira derrubada do capitalismo no país. Como surge a Frente Sandinista de Libertação Nacional? Quais projetos estavam em jogo naquele movimento? Como se posicionaram as correntes trotskistas diante desta revolução? Afinal, qual o saldo deste movimento e quais lições a classe trabalhadora no Brasil de hoje pode aprender com ele?

Leia Mais »

Grã-Bretanha: marxismo, o Partido Trabalhista e a caça às bruxas

A seção britânica da CMI, Socialist Appeal [Apelo Socialista], a voz marxista do Partido Trabalhista e da juventude, foi expulsa do Partido Trabalhista britânico, com a direita afirmando que eles são “estranhos” e “tóxicos” para os “objetivos e valores” do partido. Mas o marxismo tem uma longa história no movimento …

Leia Mais »

O marxismo em marcha em todo o mundo: Congresso da CMI 2021

Entre 24 e 27 de julho, mais de 2.800 marxistas de mais de 50 países se reuniram online para o Congresso Mundial da Corrente Marxista Internacional (CMI). Este congresso havia sido originalmente programado para ocorrer em 2020, mas foi adiado devido a eclosão da pandemia da Covid-19. Embora a pandemia …

Leia Mais »

Reflexões sobre o marxismo e as Ciências Humanas

O presente artigo é uma contribuição de um apoiador da Esquerda Marxista e contém posições exclusivas de seu autor. José Alberto Bandeira Ramos é professor aposentado pela  Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e autor do artigo “O ‘Manifesto Comunista’ estaria superado? A nova sutileza anticomunista“. Da Redação. Introdução …

Leia Mais »

#37 – Pão, fé e terra: Müntzer, Engels e a Revolta Anabatista

No primeiro episódio de julho, mês das grandes revoluções da história, André Mainardi traz uma exposição sobre Thomas Müntzer e a Revolta Anabatista ocorrida na Alemanha dos anos de 1524-25. Friedrich Engels o grande professor do proletariado, analisou o levante camponês como sendo uma das maiores tentativas revolucionárias da história do povo alemão e que expressou, no crepúsculo do Feudalismo, o programa proletário moderno de abolição da propriedade privada.

Leia Mais »

O “Manifesto Comunista” estaria superado? A nova sutileza anticomunista

Li, no caderno MAIS! da Folha de São Paulo, publicado no dia 19/02/2006, artigo assinado pelo professor da USP, Dr. Boris Fausto, sob o título “O novo desafio da esfinge”. O artigo começa afirmando, em sua chamada inicial, que o referido documento histórico, o “Manifesto Comunista” de Marx e Engels, …

Leia Mais »

Atividade discutiu keynesianismo e a luta para pôr abaixo o governo Bolsonaro

Nessa sexta-feira (25/6), mais uma das células sindicais da Esquerda Marxista de Joinville realizou uma atividade com contatos para discutir a preparação do Encontro Nacional Abaixo Bolsonaro – Por um Governo dos Trabalhadores, sem Patrões nem Generais”. Também foi o discutido o texto “Keynes está morto! Os reformistas não o …

Leia Mais »

Pão, fé e terra: luta de classes na Alemanha (1524-1525)

A Alemanha não existia, ao menos não como a conhecemos. O poder estava nas mãos do Sacro Império Romano-Germânico, um conglomerado de territórios multiétnicos na Europa Ocidental e Central, que perdurou do ano 800 a 1806 e foi dissolvido com o advento das Guerras Napoleônicas. Dentre alguns reinos, como da …

Leia Mais »

Fundação Palmares: defenestrando os “inimigos” da temática negra

No último dia 11 de junho a Fundação Palmares, na figura de seu presidente Sérgio Camargo, ganhou, mais uma vez, as manchetes dos veículos de comunicação. Nesse episódio, a Fundação torna público um relatório intitulado “Retrato do Acervo: A Doutrinação Marxista”. Segundo consta no relatório entre os 5.300 livros encontram-se …

Leia Mais »