Arquivos de Tags: imprensa

“O Comunismo” nasce como jornal dos novos comunistas do Brasil

Este Dia do Trabalhador marca o nascimento de um novo jornal no Brasil. “O Comunismo” surgiu para organizar os novos comunistas. Essa é uma iniciativa da Organização Comunista Internacionalista (OCI) para ajudar milhares de jovens e trabalhadores que querem dar um fim no capitalismo e construir um futuro de felicidade para a humanidade.

Leia Mais »

1968 no Brasil: estudantes e trabalhadores contra a ditadura militar

No Brasil, 1968 começou em março. A morte de Edson Luís, com um tiro no coração, sensibilizou o país e resultou na explosão de uma enorme insatisfação social que se acumulava desde o golpe militar de 1964. Os estudantes ocuparam escolas, universidades e foram às ruas. A classe trabalhadora, buscando se reorganizar, realizou greves, combateu a burocracia sindical e a repressão da polícia. A música, o cinema, o teatro, questionavam a Ditadura, os artistas se solidarizavam e lutavam ao lado de estudantes e trabalhadores.

Leia Mais »

Lula percebe o sentimento das massas e condena o massacre sionista em Gaza

A burguesia está em polvorosa. Lula foi declarado persona non grata por Netanyahu após afirmar que o genocídio palestino promovido por Israel é sem precedentes na história, com exceção, de acordo com Lula, do momento em que “Hitler resolveu matar os judeus”. A crise instaurada no Itamaraty é acompanhada de perto pela grande imprensa, porta-voz da classe dominante, que defende descaradamente o Estado sionista de Israel, mente e distorce as informações sobre esse massacre a todo o momento. Mas, o que motivou essa declaração de Lula?

Leia Mais »

Abaixo a hipocrisia! Defendam Gaza! – Declaração da CMI

A seguinte declaração da Corrente Marxista Internacional afirma a nossa solidariedade com o povo palestino. Responde à repugnante hipocrisia do imperialismo ocidental e dos seus lacaios, que se unem em apoio ao Estado reacionário israelense enquanto este desencadeia uma vingança sangrenta sobre Gaza, após o ataque surpresa do Hamas em …

Leia Mais »

Israel-Palestina: não à invasão de Gaza! Fim da ocupação!

O ataque do Hamas a Israel ontem (7/10) foi um choque, apanhando de surpresa a inteligência e o establishment militar israelense, mas não deveria nos surpreender nem um pouco. É a consequência direta da escalada da repressão violenta contra os palestinos promovida por Netanyahu, que lidera o governo mais reacionário da história de Israel.

Leia Mais »

Por que os comunistas vendem jornais?

Meta, a gigante da mídia social proprietária do Facebook e do Instagram, começou a bloquear todas as notícias de suas plataformas no Canadá em agosto. A proibição das notícias seguiu-se à aprovação pelo governo federal do Projeto de Lei C-18, a Lei das Notícias Online, que exigia que as big tech pagassem aos meios de comunicação pelo conteúdo que utilizam ou reaproveitam nas suas plataformas. O Google também planejou começar a bloquear as notícias no Canadá até o final do ano, quando o Projeto de Lei C-18 entrar em vigor. Para os comunistas, a proibição de notícias em plataformas pertencentes a bilionários sublinha a necessidade de uma imprensa operária independente através da produção e distribuição de um jornal físico.

Leia Mais »

A prisão injusta do fundador do Wikileaks, Julian Assange, e a importância de sua liberdade para o jornalismo mundial

Já se passaram mais de dez anos desde que Julian Assange se refugiou na embaixada do Equador em Londres, e esse caso tem gerado inúmeras discussões e debates sobre liberdade de imprensa e os limites do jornalismo investigativo. A perseguição e posterior prisão de Assange foi, sem dúvida, um ataque aos princípios fundamentais do jornalismo e um exemplo assustador do poder que os governos têm para silenciar vozes dissidentes.

Leia Mais »

A corrupção e o obscurantismo religioso do governo Bolsonaro

O quarto ministro da Educação do governo Bolsonaro, o pastor Milton Ribeiro, pediu demissão no dia 28 de março. A nova crise ministerial começou após a divulgação de um áudio, no dia 21, revelando que, ao distribuir verbas do Ministério da Educação (MEC), o governo Bolsonaro priorizava as prefeituras “cujos pedidos de liberação (...) foram negociados por dois pastores”, Gilmar Santos e Arilton Moura.

Leia Mais »

Ucrânia: governo Zelensky usa invasão para justificar repressão política

O governo de Zelensky continua a usar cinicamente a invasão para justificar a repressão de oponentes políticos. Onze organizações tiveram suas atividades políticas criminalizadas no período do conflito armado. Embora algumas dessas organizações sejam farsescas e haja membros desses grupos que assumam atitudes favoráveis ​​à invasão russa, nenhuma evidência de …

Leia Mais »