Arquivos de Tags: Guerra

Episódio #13 – A Revolução Espanhola e a Guerra Civil

Há mais de 80 anos, o levante fascista do general Francisco Franco marcou o início da Guerra Civil Espanhola e de uma revolução social de extraordinária extensão e profundidade. Apesar do conteúdo social dessa revolução – desatada durante a guerra civil de 1936 a 1939 – ter sido conscientemente ocultado e manchado pela historiografia oficial, ali foi escrita uma gloriosa página no grande livro da luta da classe trabalhadora mundial, contra a exploração capitalista. Para falar sobre a Revolução Espanhola, a guerra civil, seus precedentes e consequências, essa transmissão da série "Revoluções de Julho" recebe o camarada Renato Vivan, professor da rede municipal da cidade de Curitiba e dirigente da Esquerda Marxista no Paraná.

Leia Mais »

Episódio #12 – 1924: A Revolução Apagada

No dia 5 de julho de 1924, um levante que tinha por objetivo a destruição da Velha República e suas instituições iniciou-se em São Paulo. Este evento contou com amplo concurso das massas populares paulistanas, especialmente da classe operária, e diferente do episódio de 9 de Julho de 1932 – impulsionado pela oligarquia paulista, inconformada com a perda da sua primazia no cenário político nacional –, o levante de 5 de julho de 1924 foi de fato uma revolução.

Leia Mais »

Episódio #11 – 4 de Julho: A Revolução Americana

Muito mais do que a disputa de poder entre grupos distintos de proprietários de terras ou uma simples guerra colonial, a Revolução Americana foi um momento histórico de profunda ruptura política e social que erradicou os vestígios de um governo monárquico e do feudalismo herdados da parcialmente completa revolução burguesa da Inglaterra. Para falar  sobre a Revolução Americana, suas raízes e contradições, convidamos o camarada Arthur Penna, bacharel em História pela Universidade de São Paulo, professor da rede estadual e militante da Esquerda Marxista em São Paulo.

Leia Mais »

O crescente surto de descontentamento nas forças armadas dos EUA

A crise do coronavírus está criando dissidência nas fileiras das forças armadas. Este é um desenvolvimento preocupante para a classe capitalista e um indicador de desenvolvimentos explosivos no horizonte. É uma característica bem comum da história revolucionária que os soldados e marinheiros que formam as forças armadas possam ser afetados …

Leia Mais »

13 mil mortos, um jet ski e a troca na Polícia Federal

Guerra? Hoje, 13 de maio, o número total de mortos oficialmente declarados em decorrência da Covid-19 é de 13.149, com 749 óbitos registrados nas últimas 24 horas. “Estamos em guerra, e na guerra a gente enterra”, declarou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto. As cenas de Manaus, com enterros …

Leia Mais »

Segunda Guerra Mundial: da guerra à revolução

A Segunda Guerra Mundial teve um efeito radicalizador na consciência das pessoas da classe trabalhadora e terminou em revoluções por todo o mundo. Condições semelhantes produzem resultados semelhantes. A classe dominante está tentando nervosamente aprender as lições da experiência da guerra para evitar uma repetição dessa radicalização por causa da Covid-19.

Leia Mais »

As tarefas imediatas dos marxistas frente à tragédia organizada pelo capitalismo e os Estados nacionais

É preciso agir desde já para defender a vida da classe trabalhadora e enterrar o principal responsável por esta tragédia que atravessa o mundo, o sistema capitalista. E isso ressalta a necessidade, como nunca antes, da construção de uma verdadeira Internacional dos Trabalhadores, tarefa de que participa a CMI e sua seção brasileira, a Esquerda Marxista, como uma corrente legítima do movimento operário internacional.  

Leia Mais »

“Avançar sempre, nunca retroceder”: a tragédia da Revolução Granadina

O dia 13 de março marcou o aniversário de uma insurreição de um pequeno partido em 1979 – com o apoio popular das massas – que derrubou um ditador e tentou se livrar dos grilhões do imperialismo. Essa insurreição foi realizada por um partido conhecido como New Jewel Movement (NJM), auto-descrito como …

Leia Mais »

Uma visão marxista do conflito Palestina-Israel e a guerra imperialista

O Estado não representa uma força imposta a partir do exterior, muito menos trata-se de uma “imagem e realidade da Razão”, como acreditava Hegel. Esta entidade é produto da própria sociedade em certa fase do desenvolvimento da luta de classes. Isto é, surgiu historicamente com o antagonismo insolúvel entre as classes. …

Leia Mais »