Arquivos de Tags: EUA

Netanyahu será levado à justiça?

No dia 20 de maio, os veículos de mídia no mundo inteiro foram surpreendidos pela inusitada notícia de que o procurador-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Karim Khan, está pedindo mandados de prisão por crimes de guerra contra Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro israelense, e Yoav Gallant, o ministro da defesa.

Leia Mais »

Como os militantes da CMI intervêm no movimento de solidariedade com a Palestina

Publicamos aqui trechos da nota do Secretariado Internacional da CMI, de 8 de maio, que analisa o desenvolvimento do movimento de solidariedade à Palestina em diferentes países e orienta a intervenção dos militantes comunistas nestes protestos. Mesmo com diferentes graus de mobilização em cada país – no Brasil, por exemplo, até o momento não ocorreram manifestações de massas pró-Palestina –, o relato do movimento e da intervenção dos camaradas nos EUA, Canadá, Grã-Bretanha, Espanha etc., demonstra a radicalidade presente na base, em particular da juventude, em todo o mundo. A nota traz ainda lições importantes para a intervenção prática dos revolucionários comunistas em um movimento de massas deste tipo, construindo as forças do marxismo.

Leia Mais »

Detenham o ataque a Rafah! Lutem contra o imperialismo no front interno!

O ataque a Rafah, há muito planejado, começou. Na segunda-feira, 6 de maio, as Forças de Defesa de Israel (FDI) lançaram ataques aéreos contra a cidade e emitiram alertas de evacuação de cerca de 100 mil palestinos dos seus bairros a leste para as chamadas “zonas humanitárias” de al-Mawasi, em direção à costa, e a uma área a oeste de Khan Younis.

Leia Mais »

Solidariedade aos estudantes presos nos EUA por defenderem o fim do massacre na Palestina

Os protestos estudantis contra o massacre na Faixa de Gaza estão se alastrando em diversos campi das universidades dos EUA. A opressão aos palestinos e a luta contra o financiamento dos EUA ao massacre promovido pelo Estado sionista de Israel estão politizando toda uma geração de estudantes, que agora ocupa a entrada das universidades, inviabilizando suas atividades.

Leia Mais »

Ataques do Irã: a aposta perigosa de Netanyahu

No sábado (13), o Irã anunciou que tinha lançado um ataque a Israel com mais de 300 drones e mísseis. Nessa tarde, Joe Biden deixou o conforto de sua casa de praia em Delaware e correu de volta para a Casa Branca em meio a uma situação de crise iminente. Na mesma noite, o presidente reuniu-se na Sala de Avaliação de Crises da Casa Branca com membros da equipe de Segurança Nacional sobre o desenrolar dos ataques.

Leia Mais »

Por que Israel retardou o seu ataque a Rafah?

O prazo de 10 de Março para o ataque a Rafah já passou e o ataque ainda não aconteceu. Será que Netanyahu está tendo dúvidas? A resposta para isso é claramente não. O governo israelense está manobrando sob pressão externa, em particular da administração dos EUA, ao mesmo tempo em que se encontra internamente dividido. A pressão dos EUA se deve a preocupações humanitárias por parte de Biden? A resposta, novamente, é não. Os EUA continuam a apoiar Israel no seu ataque genocida ao povo palestino, como testemunha o aumento da sua ajuda militar. Então, por que a demora no ataque?

Leia Mais »

O imperialismo no golpe e na ditadura

O dia 1º de abril é marcado pelos 60 anos do Golpe Militar que estabeleceu a Ditadura Militar no Brasil, que durou 21 anos. Nos últimos anos, esse episódio da história brasileira tem sido retomado com frequência para explicar ou argumentar sobre os eventos e a conjuntura atual. Muitas argumentações apontam para as particularidades da política interna brasileira que teriam sido decisivas para a realização do Golpe Militar.

Leia Mais »

1968 no Brasil: estudantes e trabalhadores contra a ditadura militar

No Brasil, 1968 começou em março. A morte de Edson Luís, com um tiro no coração, sensibilizou o país e resultou na explosão de uma enorme insatisfação social que se acumulava desde o golpe militar de 1964. Os estudantes ocuparam escolas, universidades e foram às ruas. A classe trabalhadora, buscando se reorganizar, realizou greves, combateu a burocracia sindical e a repressão da polícia. A música, o cinema, o teatro, questionavam a Ditadura, os artistas se solidarizavam e lutavam ao lado de estudantes e trabalhadores.

Leia Mais »

Aaron Bushnell: um ato que expressa a ira e a frustração de milhões

Aaron Bushnell, membro do ativo da Força Aérea dos Estados Unidos, ateou fogo a si mesmo, no dia 26 de fevereiro, em frente à embaixada israelense em Washington, protestando contra a cumplicidade do imperialismo norte-americano com a guerra em Gaza. A notícia deste corajoso ato de autossacrifício cometido solitariamente por um homem ecoou poderosamente nos corações de centenas de milhares de pessoas.

Leia Mais »