Arquivos de Tags: ensino

Tarcísio prepara parceria público-privada na gestão das escolas estaduais de SP

Em mais um violento ataque à educação pública, o governador de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) anunciou a abertura de 33 novas escolas estaduais no estado, que serão construídas especificamente para serem entregues à iniciativa privada. Empresas interessadas disputarão um leilão em novembro deste ano para assumir a gestão dessas novas unidades de ensino.

Leia Mais »

Governo faz chantagens e manobras para desmobilizar greve na educação federal

O governo Lula se reuniu no dia 10 de abril com sindicatos dos Servidores Públicos Federais (SPFs) na Mesa Nacional de Negociação Permanente. A reunião, porém, foi marcada por chantagens, manobras e ataques ao direito de greve, visando enfraquecer e desmobilizar a luta por melhores condições de trabalho, carreira e reposição de perdas salariais.

Leia Mais »

A luta pela revogação do NEM não pode parar!

Na noite do dia 20 de março, a Câmara dos Deputados aprovou o substitutivo apresentado pelo relator Mendonça Filho (União Brasil/PE) ao Projeto de Lei (PL) 5.230/2023 de autoria do governo federal que sugeria mudanças no atual Ensino Médio. O projeto segue agora para o Senado. É preciso afirmar de antemão e categoricamente que nem o PL 5.230/2023 nem muito menos o substitutivo revogam o Novo Ensino Médio aprovado durante o governo Michel Temer.

Leia Mais »

Integrante do MBL ataca liberdade de expressão e incita preconceito em escola pública em Joinville

Na quarta-feira (06/03), Mateus Batista, integrante do Movimento Brasil Livre (MBL) e auto-intitulado “inimigo da sua geração”, postou vídeo atacando um painel pintado por estudantes da Escola Jandira d'Ávila, no bairro Aventureiro, em Joinville, SC. Segundo ele, entrou na escola sem impedimentos e expôs o local em virtude de “denúncia” de uma seguidora.

Leia Mais »

Eleições para diretores escolares: uma farsa aprimorada

Nos dias 3 e 4 de dezembro ocorreram em todas as escolas da rede estadual de educação de Santa Catarina eleições para a escolha dos diretores escolares. Nessas eleições, votaram os trabalhadores em educação, estudantes e pais de estudantes. Os diretores “eleitos” terão mandato de três anos para o exercício da função.

Leia Mais »

Abaixo a censura nas escolas catarinenses

No dia 7 de novembro, os educadores catarinenses foram surpreendidos por um ofício da Coordenadoria Regional de Florianópolis determinando a censura de livros na rede estadual. Na lista se encontram nove obras, entre as quais best-sellers juvenis e até algumas já consagradas da literatura, como o célebre Laranja Mecânica, do conservador britânico Anthony Burgess. Um ataque brutal não só aos educadores, mas ao conjunto da classe trabalhadora e da juventude que está sendo cerceada do acesso ao conhecimento que a humanidade acumulou.

Leia Mais »

Insegurança escolar e perseguição política: campanha “Em Defesa da Vida da Profª Mara” entra em nova fase

A campanha “Em Defesa da Vida da Profª Mara” está entrando em uma nova fase a partir deste mês de julho. O motivo são os novos ataques que a docente Mara Cristina Gonçalves da Silva passou a sofrer no primeiro semestre deste ano, na escola em que trabalha, a ETEC de Franco da Rocha, na região metropolitana de São Paulo. Diante disso, chamamos todos aqueles que defendem a liberdade e a democracia a se solidarizar e apoiar essa iniciativa.

Leia Mais »

PL 2601/23 é pela Revogação do Novo Ensino Médio. Entenda e conheça nossa posição

A revolta contra o Novo Ensino Médio (NEM) existe e continua indignando estudantes e trabalhadores em educação em todo o país.  Ao mesmo tempo, junto com essa indignação operam, por um lado, a Consulta Pública e, por outro, a traição das direções do movimento estudantil e sindicais. Agora, uma nova frente de discussão se abre em torno do Projeto de Lei (PL) 2601/23, que nós consideramos o PL da Revogação do NEM

Leia Mais »

Estamos fartos do capitalismo! Exigimos um futuro! – Contribuição da Liberdade e Luta ao 59º Congresso da UNE

O contexto nacional em que se realiza o 59º Congresso da Une (Conune) é de um novo governo Lula. Nos governos anteriores encabeçados pelo Partido dos Trabalhadores (PT), houve uma imensa adaptação da União Nacional dos Estudantes (UNE) aos governos de colaboração de classes, atuando como correia de transmissão e em defesa das políticas de educação pró-capital, de transferência de dinheiro público para empresas privadas, tal como o Programa Universidade Para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). A principal bandeira da direção da UNE nesse período foi a regulamentação do ensino superior privado, ou seja, uma política que aceita a privatização da educação superior, desde que essa privatização seja “regulamentada”, “controlada” e “supervisionada”.

Leia Mais »