Arquivos de Tags: crise

Lula percebe o sentimento das massas e condena o massacre sionista em Gaza

A burguesia está em polvorosa. Lula foi declarado persona non grata por Netanyahu após afirmar que o genocídio palestino promovido por Israel é sem precedentes na história, com exceção, de acordo com Lula, do momento em que “Hitler resolveu matar os judeus”. A crise instaurada no Itamaraty é acompanhada de perto pela grande imprensa, porta-voz da classe dominante, que defende descaradamente o Estado sionista de Israel, mente e distorce as informações sobre esse massacre a todo o momento. Mas, o que motivou essa declaração de Lula?

Leia Mais »

Bolsonaro e as instituições

Na última semana se viu uma ofensiva na investigação e punição dos responsáveis pelos ataques contra os prédios dos órgãos dos três poderes no dia 8 de janeiro de 2023. Com as provas apresentadas, confirma-se o envolvimento no episódio de Jair Bolsonaro e de seus aliados, ainda que não diretamente na organização da invasão. Contudo, um dos elementos mais interessantes desse processo não é tanto repetir o papel criminoso dos membros do antigo governo, mas passa por perceber como atuam as instituições burguesas na busca pela manutenção da ordem.

Leia Mais »

Eleições 2024 nos EUA: por que o sistema de Biden e Trump precisa acabar

Os comunistas não têm ilusões de que mudanças sociais sérias possam resultar da farsa das eleições burguesas. Os marxistas compreendem que, no máximo, “aos oprimidos é permitido, uma vez a cada poucos anos, decidir quais representantes específicos da classe opressora os representarão e os reprimirão”, como Lênin expressou em O Estado e a Revolução.

Leia Mais »

Argentina: Balanço da greve geral de 24 de janeiro

A classe trabalhadora deve se colocar à frente da luta! Apelamos pela remoção da burocracia de nossos sindicatos! Apelamos pela desconfiança dos deputados no parlamento! Córdoba, Santiago del Estero, Buenos Aires, Rosario, Mendoza etc., em todas e em cada uma das grandes cidades nos mobilizamos em centenas de milhares contra …

Leia Mais »

Agudiza a miséria e a crise social na Argentina – Lançar as bases para um Congresso Operário, para uma Greve Geral e por um governo dos Trabalhadores

Passaram-se apenas alguns dias desde a posse do novíssimo presidente Javier Milei e já começou a despertar preocupação e repúdio em amplos setores das massas – incluindo alguns setores que o elegeram – devido às medidas que seu governo anunciou até o dia de hoje.

Leia Mais »

A violência urbana no Rio de Janeiro

Conflitos armados entre grupos de “tráfico” e “milícia” na Zona Oeste do Rio Janeiro inundam com sangue as emergências dos hospitais cariocas. Chacinas recorrentes em bairros proletários são realizadas por tropas policiais que tem como missão “entrar na favela e deixar corpos no chão”. Agressões, roubos e furtos ao comércio e a pedestres na Zona Sul não param de crescer e encontram como reação a formação de grupos de “justiceiros”.

Leia Mais »

Eleições para diretores escolares: uma farsa aprimorada

Nos dias 3 e 4 de dezembro ocorreram em todas as escolas da rede estadual de educação de Santa Catarina eleições para a escolha dos diretores escolares. Nessas eleições, votaram os trabalhadores em educação, estudantes e pais de estudantes. Os diretores “eleitos” terão mandato de três anos para o exercício da função.

Leia Mais »

Falta de energia em SP: só há uma responsável, a ENEL! Reestatização Já!

Desde o dia 3 de novembro, mais de 2 milhões de unidades consumidoras ficaram sem luz por dias na grande São Paulo. Entre elas, residências, comércios e escolas. Milhares de locais ainda permanecem sem luz. Até a noite da última terça-feira (7/11), era estimado que ainda havia cerca de 200 mil estabelecimentos sem energia. Além disso, também houve falta de água devido ao impacto da queda de energia nos reservatórios. Moradores da região metropolitana e da capital paulista se mobilizaram e protestaram contra a falta de luz e o caos após a chuva.

Leia Mais »

Balanço das eleições na Argentina: derrotar a direita nas ruas com mobilização e organização

Os resultados eleitorais de 22 de outubro, na Argentina, colocaram novamente Unión por la Patria (UxP) na corrida presidencial, dentro de um processo eleitoral marcado pela crise capitalista, pelo desgaste dos partidos majoritários do regime burguês, pela acumulação do mal-estar entre a classe trabalhadora – que ainda não se expressa nas ruas com suas demandas e bandeiras próprias – e pela crise histórica de deireção do proletariado.

Leia Mais »

A guerra na Ucrânia leva a divisões no movimento comunista – voltar a Lênin!

A guerra coloca tudo em termos duros e, portanto, põe à prova todas as tendências. A guerra na Ucrânia levou a uma série de divisões dentro dos partidos comunistas em vários países, bem como provocou divisões entre eles. Para avançar é necessário regressar às políticas leninistas genuínas, nesta e em todas as demais questões.

Leia Mais »