Arquivos de Tags: Bolívia

Revolução e contrarrevolução se enfrentam no mundo

De 1917 a 1923 uma vaga revolucionária varreu a Europa: Revoluções na Rússia e sua extensão para a Armênia, Azerbaijão, Bielorrússia, Estónia, Geórgia, Cazaquistão, Lituânia, Letônia, Moldávia e Ucrânia, revoluções na Alemanha e na Hungria, greve geral na Tchecoslováquia, onda de ocupações de fabricas na Itália, etc. O que dizia …

Leia Mais »

Aos sindicatos combativos e a todas as forças disponíveis a lutar contra o golpe na Bolívia

Trabalhadores, militantes de esquerda e de organizações sociais: As dramáticas horas que estamos vivendo revelam aos olhos de todos que a presidência de Añez só poderá ser imposta através de um derramamento de sangue e com a utilização massiva das forças armadas. Isto é, com a implantação do golpe que …

Leia Mais »

Repúdio à invasão da embaixada venezuelana no Brasil! Derrotar os golpistas! Fora Bolsonaro!

Na madrugada desta quarta-feira (13/11), a embaixada da Venezuela em Brasília foi invadida por cerca de 20 mercenários a serviço do “autoproclamado” presidente da Venezuela, o golpista Juan Guaidó e de seus apoiadores no Brasil, a começar pelo clã Bolsonaro. Em janeiro, o recém-eleito presidente Jair Bolsonaro prontamente reconheceu Guaidó …

Leia Mais »

Esquerda Marxista intervém no Ato Contra o Golpe na Bolívia

Participamos do Ato Contra o Golpe na Bolívia que aconteceu em frente ao Consulado da Bolívia no Brasil, em São Paulo, na noite desta terça-feira. Nossos militantes intervieram com o jornal Foice&Martelo, bandeiras e palavras de ordem como “1, 2, 3, 4, 5 mil! Fora Imperialismo na Bolívia e no …

Leia Mais »

Evo no México, mas o golpe não se consolida

Depois de uma viagem pelos céus da América, Evo Morales aterrissou no México, país que lhe concedeu asilo político por razões humanitárias. Evo havia se refugiado no Chapare, entre os cocaleiros dos quais surgiu. Dali, só os militares podiam tirá-lo e foram justamente os militares que autorizaram sua saída, o …

Leia Mais »

Pela resistência dos trabalhadores ao golpe burguês na Bolívia

Os eventos que se seguiram à renúncia forçada de Evo demonstram que a saída constitucional à crise é só um teatro para camuflar uma intervenção das forças armadas, nas quais, como já advertimos, repousam os planos da burguesia reacionária. A classe trabalhadora e suas vanguardas não podem permanecer indiferentes. Sem …

Leia Mais »

Bolívia: golpe reacionário força Evo Morales a renunciar

No dia 10 de novembro, às 16h50, o presidente boliviano Evo Morales anunciou sua renúncia. Era o culminar de um golpe que vinha se gestando há algum tempo. Um motim da polícia, atiradores de elite disparando contra trabalhadores de minas, um relatório da OEA questionando a validade das eleições e, …

Leia Mais »

Bolívia: avança o golpe ante a dramática crise de direção política

Ontem, pela manhã e enquanto estávamos publicando um artigo advertindo mais uma vez sobre o golpe iminente e o papel das Forças Armadas e da polícia, um motim policial foi oficialmente iniciado. O motim policial começou na UTOP, o departamento antimotim, de Cochabamba. O governo havia providenciado o pagamento de …

Leia Mais »

A luta pelo poder na Bolívia

Com as últimas revelações do gerente de Ethical Hacking parece quase impossível que a auditoria da OEA possa validar o processo eleitoral de 20 de outubro. Ethical Hacking foi encarregada pelo Órgão Eleitoral Plurinacional (OEP) para certificar a segurança informática dos sistemas de computação e transmissão das atas eleitorais. A …

Leia Mais »

Bolívia: como a classe trabalhadora deve derrotar o golpe

A eleição geral boliviana de 20 de outubro produziu uma vitória para Evo Morales do partido governante (MAS), mas com uma maioria muito reduzida, revelando como a política de colaboração de classe de seu governo alienou setores de sua base tradicional de apoio. O fato de Morales evitar um segundo …

Leia Mais »