Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes

Reitoria da UFSCar-SP abre as portas ao Future-se!

Liberdade e Luta – SP

Em nota publicada hoje (14/08), a reitoria da UFSCar abre suas portas ao Future-se com parecer que aborda os ‘pontos positivos’ do projeto para a instituição, ressaltando como principal, a possibilidade de captação de recursos para além do orçamento legalmente definido para as universidades e institutos federais, num contexto em que se encontram em crise.
Esquecem-se de dizer que o orçamento das universidades federais e institutos faz parte do Orçamento Geral da União e a decisão política que os governos têm tomado de diminuir o orçamento para o setor para continuar pagando a dívida pública é o motivo central da falta de recursos no setor.

Não é estranho que um dia depois do ‘‘tsunami da educação’’ convocado pela UNE e pelas centrais sindicais essa notícia seja dada. As centrais sindicais e estudantis jogaram um peso para a desmobilização desse ato, não convocaram a paralização e o presidente da UNE, Iago Montalvão, se reúne com Abraham Weintraub e enxerga sua reunião como uma ‘conquista’ ao invés de mobilizar na base. É claro, dentro de sua política de conciliação, já anunciada no 57º CONUNE, não poderíamos esperar outra posição. A provável adesão da reitoria da UFSCar ao Future-se vem como uma resposta à desmobilização promovida pela UNE e sua política de sentar-se com o inimigo da educação.

A verdade é que o 13/08 não foi nem de perto um tsunami, pela traição e desmobilização das direções que não fizeram um combate sério contra a reforma da previdência e permitiram que ela fosse aprovada. O descontentamento ainda existe e vai se expressar, mas não através dos meios tradicionais, vai ser através das lutas que vão se desenvolver nas universidades e escolas que a partir do próximo mês se verão obrigadas a fechar as portas, parar as aulas, parar a pesquisa e a produção cientifica, fechar serviços para a permanência ou aderir a esse tipo de programa para poder se manter.

Nossa resposta é confiar na base, nos estudantes e trabalhadores que continuam com disposição de luta e com uma insatisfação com um presidente, jamais vista desde a constituição de 1988.

Os estudantes da UFSCar devem mobilizar pela base e com independência a luta contra esse projeto que vai levar terceirização e privatização das universidades federais, reafirmando o que a UNE há muito tempo abandonou: a luta pela educação pública, gratuita e para todos! Essa luta, no contexto atual, está completamente conectada com a luta pelo Fora Bolsonaro. Para salvarmos as universidades do fechamento e da faca no pescoço que representa o Future-se, precisamos derrotar e derrubar esse governo!

Junte-se à Liberdade e Luta!

Como derrubar Bolsonaro? 

Plenária aberta próximo sábado 17/08 às 16h na Livraria Marxista

(Rua Tabatinguera, 318 – Sé. Saída poupa tempo do metrô Sé)

Deixe Seu Comentário
x

Confira Também

Mais do mesmo no novo texto do Future-se

Recentemente o governo federal divulgou a nova redação da proposta do Future-se. O texto busca ...