Foto: Renan Lopes/ACidade ON Campinas

Prefeitura de Campinas quer jogar famílias do Mandela na rua

Urgente! Prefeitura enrola, não resolve situação das famílias de Ocupação Nelson Mandela (Comunidad Mandela) e diz que fará despejo! Rasga-se compromisso assinado judicialmente, conquistado na luta das famílias! Não vamos deixar acontecer mais uma reintegração! Vamos resistir! Vinícius, Jonas Donizette e Wandão: o Mandela precisa de uma alternativa que não seja a rua!

No dia 08 de julho de 2020, após reunião com o secretário da Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo (Cohab), Vinícius Riverete, advogados da Ocupação Nelson Mandela e a coordenadora da Ocupação, ficou evidente que a Cohab não possui solução para essas famílias. O secretário Vinícius apresentou uma proposta que contempla apenas uma parcela pequena dos moradores da Ocupação. Os demais, de acordo com a vontade do secretário, terão que ir para a rua.

Causa espanto a incapacidade do prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) em lidar com o problema de moradia. Não há nenhuma proposta para as famílias pobres. Não há nenhum projeto habitacional. Não há solução. São mais de 4 anos que o Mandela luta por moradia digna e o prefeito Jonas Donizette é incapaz de dar atenção aos pobres. Jonas quer uma reintegração em Campinas no meio da pandemia. Aos ricos, tudo. Aos pobres, a rua.

Vale lembrar que muitas promessas já foram feitas, algumas inclusive pelo então Secretário e atual pré-candidato a Prefeito de Campinas, Wanderley Almeida, o Wandão. O compromisso firmado com as famílias se tratava de 200 moradias para as famílias da Ocupação Nelson Mandela. Entretanto, o tempo passou e nenhum projeto foi apresentado. Jonas e Wandão enrolaram, não realizaram loteamento e não apresentaram alternativa ou solução concreta para garantir unidade habitacional. Apenas promessas.

Wandão, grande símbolo do governo Jonas, agora quer ser candidato a prefeito e acha que o povo confia nele. Não adianta só falar, queremos ação. A Prefeitura já autorizou uma reintegração de posse em uma área que estava sem qualquer uso social há mais de 20 anos, despejando mais de 500 famílias da ocupação Nelson Mandela I. Agora vai permitir novo despejo na ocupação Nelson Mandela II? Vai lavar as mãos e dizer que não tem nada a fazer?

Despejo e ir morar na rua não é solução. A situação se agrava ainda mais no contexto de pandemia que vivemos! As famílias do Mandela precisam de uma solução que contemple todos os moradores.

A luta continua e iremos exigir nossos direitos!

Deixe Seu Comentário