Foto: ASCOM/TRF1

O consenso burguês em torno do ministro do STF indicado por Bolsonaro

Artigo publicado no jornal Foice&Martelo Especial nº 17, de 15 de outubro de 2020. CONFIRA A EDIÇÃO COMPLETA.

Na última semana, Bolsonaro apresentou o nome de Kássio Marques para suceder o decano Celso de Mello no Supremo Tribunal Federal. Nos últimos dias a indicação foi ofuscada pelas denúncias de plágio em trabalhos acadêmicos e falsificação do currículo do candidato, mas, com exceção deste “pequeno detalhe”, o nome de Kássio Marques, de um modo geral, foi visto com bons olhos pela burguesia e seus representantes no parlamento, no judiciário e na imprensa.

Kássio Marques é desembargador no Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Assumiu a vaga no tribunal em 2011 através do quinto constitucional (vaga destinada aos advogados) após ser nomeado pela presidente Dilma Rousself.

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES. CONTINUE LENDO.

Deixe Seu Comentário