Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes
Foto: APEOESP

Direção da APEOESP desmobiliza greve em São Paulo

No dia 10 de dezembro foi chamado mais um dia de “greve” por parte do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (APEOESP). O coletivo Educadores Pelo Socialismo compareceu e dialogou com trabalhadores de diversas categorias, em especial a de professores, sobre a atual situação.

Militantes do coletivo Educadores Pelo Socialismo na greve de 12 de dezembro / Foto: Educadores Pelo Socialismo

Mesmo com potencial para desenvolvimentos maiores, o que vimos foi a direção da APEOESP desmobilizar novamente, cancelando a assembleia por conta da chuva. Assim como a política de “assembleia permanente” e a “greve pipoca”, essa foi mais uma medida para impedir que o movimento crescesse e para além das amarras da direção.

Essa direção almeja utilizar a categoria para negociações parlamentares e defende a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) enquanto representativa dos trabalhadores. Ou seja, reforçam as ilusões nas instituições burguesas no seio da própria categoria que dizem representar.

Apesar de mais essa traição, nós, do coletivo Educadores pelo Socialismo continuamos na luta, para ajudar a construir uma alternativa a essa direção oportunista e que fortaleça a tendência socialista e revolucionária no interior da APEOESP.

Leia a nossa análise completa da greve: O duplo ataque de Dória e o “INOVA desmobilização” da direção da APEOESP

Confira o Informartivo dos Educadores Pelo Socialismo distribuído na greve do dia 10 de dezembro:

educadores
Deixe Seu Comentário
x

Confira Também

Justa Causa: Pela readmissão de maquinista demitido na CPTM

Na sexta-feira, 13 de dezembro, Lucas Dametto, maquinista da linha 13 da Companhia Paulista de ...