Imagem: Reprodução CUT

CUT realiza encontro para garantir o capitalismo no Brasil por mais 10 anos

Foi realizado no dia 12 de agosto um encontro com representantes sindicais do setor da indústria para “propor plano de ações para a retomada do desenvolvimento industrial” diante da “crise econômica aprofundada pela pandemia”. Para a presidente da  Confederação Nacional do Ramo Químico (CNRQ-CUT), é preciso “salvar empregos e direitos dos trabalhadores e repensar a atuação sindical, já que muitos trabalhadores vivem outras formas de organização do trabalho”.

Através de uma “visão dos trabalhadores e com base em um projeto econômico e social” a CUT quer com o encontro concluir o “Plano Indústria 10+”. O que é esse plano? Segundo nota no site da CUT, trata-se de uma proposta para inovar e modernizar a “indústria nacional“. Ou seja, de acordo com a CUT, para desenvolver a indústria é necessário mais capitalismo. Além disso, não há “indústria nacional”. Os capitalistas brasileiros há décadas já deram mostras repetidas de que sua escolha é, caso necessário, se associar ao imperialismo.

Apesar de alegar preocupação com os números sobre a destruição da indústria no Brasil, o argumento da luta pelos “empregos” revela a tática de se ajoelhar e beijar os pés da classe dominante esperando dela algum favor.

As “outras formas de organização do trabalho”, que a presidente da CNRQ-CUT faz referência, são sintomas da degeneração do modo de produção capitalista, que se reorganiza para aprofundar a exploração. É contra esse sistema os trabalhadores devem lutar, não contra a queda nos lucros dos patrões.

Ao invés de como solução para a destruição da indústria propor nacionalizar os grandes monopólios, colocando-as ao serviço e controle dos trabalhadores para gerar riqueza e empregos, a direção da CUT decidiu reafirmar seu papel de casta burocrática a serviço do patrão.

 O Plano 10+, ou “conjunto de diretrizes para orientar políticas, programas e ações relativas ao setor para os próximos 10 anos”, é, em sua essência, uma proposta para proteger a propriedade privada dos meios de produção no Brasil por mais 10 anos. 

1<https://www.cut.org.br/noticias/cut-vai-propor-plano-de-acoes-para-retomada-do-desenvolvimento-industrial-82c5>

Deixe Seu Comentário