Início / Nossas Lutas | Ver Mais / Trabalhadores em educação punidos no Paraná recebem dinheiro arrecadado em solidariedade

Trabalhadores em educação punidos no Paraná recebem dinheiro arrecadado em solidariedade

Desde 2017 a Esquerda Marxista impulsiona uma campanha contra as perseguições aos trabalhadores em educação do estado do Paraná. Anteriormente denunciamos as ações do governo relacionadas a sindicâncias e processos administrativos com fundo político na forma de moções, fotos, vídeos e cartazes. Foi em 26 de junho de 2018 que lançamos a vaquinha para arrecadação de fundos visando ajudar financeiramente os educadores que tiveram seus salários suspensos como parte da punição.

A coleta coletiva ocorreu por meio do site www.vakinha.com.br e ao final de agosto chegamos ao valor de R$ 5.557,00. Esse valor foi igualmente dividido entre as quatro trabalhadoras da rede estadual que atuam em Curitiba e tiveram a suspensão de seus vencimentos pelo tempo de 15, 30 e 90 dias.

No dia 4 de dezembro, nossos militantes entregaram parte da verba arrecadada a duas das professoras que já tiveram a punição feita e o desconto realizado em suas folhas de pagamento. As duas outras trabalhadoras em educação aguardam o desconto em suas folhas para podermos realizar o repasse.

Mais uma vez agradecemos aos trabalhadores e à juventude que fez parte desta campanha, mostrando o quanto a luta se efetiva de forma coletiva e solidária, resgatando as melhores tradições do movimento dos trabalhadores!

Leia também...

Urgente! Ajuda à Flaskô, fábrica ocupada pelos trabalhadores!

Olá, amigos da Flaskô, tudo bem? Escrevemos saudando mais um ano de muitas lutas e …