Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes

Arquivos do Autor: Andreas Maia

Andreas Maia

Minissérie “Amores Roubados” – A burguesia fede

A rede Globo de televisão anunciou com grande estardalhaço a exibição de uma minissérie “Amores Roubados”. A série está em andamento, mas já dá para ver que tentam fazer uma história de suspense com romances proibidos, traições, crimes e assassinatos. O foco como sempre, em todas as produções da televisão, ...

Leia Mais »

Uma análise marxista sobre os Black Blocs

Entendemos a revolta dos jovens com essa “democracia”, como se expressam os jovens do movimento dos Black Blocs. Mas, sua tática só está facilitando o caminho de todos aqueles que hoje erguem a voz clamando por um golpe militar de tipo fascista.

Leia Mais »

PSOL: Gira para a esquerda, mas não sai do lugar

A imagem é de um brinquedo antigo, o pião, que fica girando em torno de si mesmo sem sair do lugar. Gira para a esquerda. Gira para a direita. Sempre no mesmo lugar. Talvez ele seja um bom exemplo para ilustrar certas atitudes de alguns partidos de esquerda, notadamente o ...

Leia Mais »

Para aonde vai a “Democracia Socialista”? Final

A DS, o Estado e a Revolução Chegamos na última parte de nossa polêmica com a DS, a mais importante¸ dedicada ao Estado capitalista. A discussão sobre o papel do Estado capitalista sempre esteve presente na polêmica entre todos os defensores da estratégia reformista e os revolucionários marxistas.

Leia Mais »

Para aonde vai a “Democracia Socialista”? Final

A DS, o Estado e a Revolução Chegamos na última parte de nossa polêmica com a DS, a mais importante¸ dedicada ao Estado capitalista. A discussão sobre o papel do Estado capitalista sempre esteve presente na polêmica entre todos os defensores da estratégia reformista e os revolucionários marxistas.

Leia Mais »

Para aonde vai a “Democracia Socialista”? Parte 7

Antonio Gramsci e o conceito de hegemonia Existe um grande esforço atualmente, por um grande número de intelectuais marxistas e movimentos políticos em reivindicar o pensamento do marxista italiano Antonio Gramsci e a considera-lo como parte integrante do patrimônio cultural da humanidade. Nada mais justo.

Leia Mais »