Download WordPress Themes, Happy Birthday Wishes

A Internacional Comunista

A Internacional Comunista era a Internacional mais avançada na luta da classe trabalhadora, uma internacional de massas, com uma verdadeira liderança marxista, que no seu auge ajudou partidos trabalhadores de todo o mundo aproximar-se rapidamente a uma posição revolucionária marxista.

Mas esta internacional nasceu com uma grande desvantagem: foi formado depois que a revolução socialista mundial começou.

A sua juventude, inexperiência, falta de firmeza organizacional, com a confusão dos partidos novos da internacional e os seus erros ultraesquerdistas a ​​tornaram incapaz de ajudar a Revolução Russa, e este fato, por sua vez, deixou a Revolução Russa isolada, fez a mesma degenerar e por sua vez levou à destruição do Internacional e à degeneração dos partidos comunistas de massa em todo o mundo.

A Revolução Russa e a formação da Internacional Comunista tiveram um impacto impressionante em todo o mundo. Na Suécia, a revolução russa em 1917 teve efeitos imediatos com movimentos revolucionários, começando com as mulheres em abril. Os trabalhadores suecos também sofreram muito durante os efeitos da guerra. Havia agitação revolucionária não apenas entre a classe trabalhadora, mesmo entre os soldados e camponeses. Sovietes foram formados em muitos lugares, em que soldados também participaram. Estas convulsões levam a uma grande cisão no Partido Social-Democrata sueco em maio.

Mas o novo partido SSV (Partido da Esquerda Socialdemocrata da Suécia), com seus 24 mil membros, continha liberais de esquerda, pacifistas, humanistas junto com pessoas como Zeth Höglund, que representava a tendência mais revolucionária durante muitos anos. Esta confusão teórica impediu que o partido sueco liderasse a revolução. O Partido Social-Democrata assumiu a liderança e a traiu.

Em 1919, o SSV enviou um delegado ao primeiro congresso da Internacional Comunista. O delegado, Otto Grimlund, estava do lado de Lênin e argumentou com força para a fundação do internacional. Lenin ficou tão impressionado com o jovem sueco que ele o convidou para segui-lo e a outros dois camaradas em um passeio por Moscou uma tarde para ver os lugares mais importantes, guiado por Lênin.

Sob a liderança da Internacional o SSV viu um desenvolvimento positivo em direção a uma posição revolucionária marxista. Graças às 21 teses de Lênin para afiliação, nos livramos dos reformistas em 1921. Bons resultados foram alcançados especialmente com a implicação da tática da frente única, o que causou um movimento de massas na Suécia contra o desemprego e dobrou os resultados do partido nas eleições de 1922 (agora sob o nome de SKP – Partido Comunista da Suécia). Especialmente a liga juvenil do partido começou a crescer rapidamente.

Esse desenvolvimento positivo foi cortado pela burocratização da União Soviética em 1923-24. Houve uma cisão no SKP em 1924 quando Höglund foi expulso da internacional por Zinoviev em uma série de diferenças políticas. Uma dessas coisas era sobre como aplicar a tática da frente única, onde Höglund foi criticado por ser moderado em seu crítico do Partido Social-Democrata. Höglund não concordou que o objetivo da frente unica era revelar o papel real dos socialdemocratas. Em vez disso, ele queria empurrá-los para lutar por reformas. Parece que Zinoviev e a liderança internacional estavam politicamente corretos em todas as diferenças, mas em vez de resolver essas questões com uma discussão política, que é o verdadeiro método bolchevique, Zinoviev resolveu os problemas forçando o Höglund e a maioria a deixar o partido.

Em 1929, houve uma nova cisão quando o novo líder do partido, Kilbom, não quis seguir os ditames de Moscou, já que a política estava alinhada com os interesses da burocracia soviética e não com a revolução mundial. A maioria do partido também denunciara a teoria do terceiro período e do socialfascismo. 13.000 dos 17.000 membros foram expulsos e o partido comunista da Suécia foi transformado em uma seita.

Mais tarde, este partido stalinista foi transformado em um partido reformista, e hoje sua liderança está fazendo tudo o que pode para que sua herança revolucionária permaneça secreta.

Hoje os marxistas do mundo têm uma vantagem em comparação com os revolucionários de 1917, aprendemos com os bolcheviques que precisamos construir uma tendência bem organizada dentro do movimento operário, firmemente educada na teoria marxista, com raízes profundas na movimentos de trabalhadores, como parte de uma internacional presente em todo o mundo. E também aprendemos que essa internacional deve ser preparada de maneira avançada. Não pode ser inventado no meio da revolução.

A internacional nos deixou com um enorme tesouro de lições.

Com essas lições e com a Corrente Marxista Internacional já presente, os verdadeiros herdeiros da Internacional Comunista, podemos construir uma internacional revolucionária de massas de nova e garantir a vitória da revolução socialista na Suécia, no Brasil e no mundo inteiro.

Adquira a nova América Socialista, que resgata as lições dos 4 primeiros congressos da Internacional Comunista

Deixe Seu Comentário
x

Confira Também

El Caracazo: quando Los Barrios sacudiram a Venezuela

“Ao chegar a uma fase determinada de desenvolvimento, as forças materiais produtivas da sociedade entram ...