Pedro Henrique Corrêa

Pedro Henrique Correa 2

Existem condições objetivas para imunizar todos os brasileiros até abril de 2021

A vacinação dos brasileiros pelo imunizante contra a Covid-19 se transformou em um espetáculo midiático. No palco, Jair Bolsonaro (Sem partifo) e João Doria (PSDB) fazem uma prévia das eleições presidenciais de 2022. Enquanto o governo Bolsonaro avança a passos de tartaruga e faz esboços do início da vacinação de profissionais da saúde e membros do grupo de risco apenas para março1, Doria se adianta e anuncia um calendário próprio para janeiro2, ofertando também a vacina para qualquer um que queira ir até São Paulo recebê-la.

Leia Mais »

A decepção de Guedes: Dois anos de governo e nada de privatizações

Governo ultraliberal e bonapartista? Só no blefe. Teto de gastos? Adeus. Contra o sistema? Só se for abraçado com o centrão e a política tradicional. Planeja-se neste governo obras públicas[1], renda básica[2] e aumento importante no bolsa família[3]. Guedes, que afirmou, justamente, estar frustrado com toda essa situação[4], perdeu recentemente …

Leia Mais »

O curioso caso de banqueiros, multinacionais e da fábrica de armas que apoiam candidatos do PSOL

Wesley Teixeira, candidato a vereador no município de Duque de Caxias, Rio de Janeiro, é a bola da vez na polêmica sobre dinheiro de empresas e capitalistas em campanhas eleitorais. Ao aceitar dinheiro de dois banqueiros, João Moreira Salles e Beatriz Bracher, Wesley causou uma enxurrada de denúncias, assim como …

Leia Mais »

O propagandismo cultural no marxismo: uma polêmica com os “youtubers”

Os debates em torno da propaganda das ideias marxistas e sobre como influenciar a classe trabalhadora são essenciais para a construção de um partido político comunista. Afinal, nenhuma revolução transformou-se em revolução socialista sem propaganda revolucionária bem sucedida de um programa político. Entretanto, a propaganda das ideias do marxismo nem …

Leia Mais »

A arapuca da “democracia” e da “liberdade”: judiciário ou mídia burguesa?

Globo, Portal GGN, revista Crusoé, TV RBS e perfis de redes sociais de ativistas e políticos sofreram este ano diversas censuras diretas ou censuras prévias pelo judiciário. Os argumentos jurídicos para tais atos são pomposos: impedir a difamação do patrimônio dos acionistas do banco BTG Pactual, combate às fake news, …

Leia Mais »

Caminhos do bolchevismo (Parte 1) – A necessidade de um organismo operário de combate

No ano de 2019, antes mesmo da crise deslanchada pela pandemia da COVID-19, insurreições com características revolucionárias ocorreram em diversos países[1][2]. Os atingidos pela crise, cansados de esperar soluções, confrontaram-se contra o sistema de maneira espontânea em greves e manifestações massivas. Em 2020, a pandemia precipitou uma depressão econômica gestada …

Leia Mais »

Ocultar cadáveres para proteger os lucros, desta vez com guarda-sóis

Um representante de vendas (Moisés Santos), de 53 anos, morreu subitamente dentro do supermercado Carrefour, em Recife, PE. Ao perceber o ocorrido, a direção do supermercado decidiu esconder o cadáver da vista dos clientes para seguir a normalidade da operação. Se os clientes continuarem comprando, os acionistas majoritários da francesa …

Leia Mais »

Por que devo me inscrever na Universidade Marxista – Brasil?

Se você está lendo essa matéria é porque provavelmente faz parte de um pequeno grupo de pessoas, a vanguarda da classe trabalhadora. A vanguarda é a primeira parte da classe a reconhecer a importância das ideias na transformação da realidade. Que tal desenvolvê-las se inscrevendo na Universidade Marxista – Brasil? …

Leia Mais »

A força e a fraqueza do imperialismo norte-americano na Colômbia

A chegada do novo coronavírus na Colômbia se junta ao descontentamento dos trabalhadores contra o governo de Ivan Duque. O ano de 2019 foi marcado por protestos que começaram nas universidades, com mobilizações estudantis de massa nas principais cidades, e que se transformaram em três greves gerais convocadas pela Central …

Leia Mais »

“Eu não consigo respirar”: o nascimento de uma palavra de ordem

Uma palavra de ordem é uma palavra ou frase sintética que expressa uma reivindicação de maneira coletiva. Seu nascimento se dá pela apropriação por grupos ou classes sociais de reivindicações de variados tipos. Como palavras de ordem, tornam-se instrumentos de mobilização para o combate contra outros grupos ou classes. Quando …

Leia Mais »