Pedro Bernardes Neto

Pedro Bernardes Neto

Crescem as ocupações de escolas em SP!

No dia 9 de novembro de 2015, a Escola Estadual Diadema foi ocupada pelos estudantes. No dia seguinte, os estudantes da E.E. Fernão Dias também ocuparam sua escola. Esse foi o início do movimento que se alastrou pela capital paulista e pelo interior do estado. Nesse momento, já são mais …

Leia Mais »

Espalham-se mobilizações em SP contra a “Reorganização Escolar” de Alckmin

Após quase duas semanas da divulgação pela Secretaria Estadual de Educação do Estado de São Paulo (SEE-SP) do plano de “Reorganização Escolar”, já começam a ficar mais claras as reais intenções do governo estadual. Protestos ocorreram em mais de 20 cidades do Estado.

Leia Mais »

As falácias sobre a “Reorganização Escolar” em SP

No dia 23 de setembro de 2015, o Secretário da Educação Estadual de São Paulo (SEE-SP) Herman Voorwald, começou a campanha pela “Reorganização Escolar” que o governo Alckmin quer impor a professores, pais e alunos sem o mínimo de discussão entre os envolvidos.

Leia Mais »

Alckmin anuncia corte de ponto retroativo. Mais um ataque aos professores

Apesar das determinações judiciais para o pagamento integral do salário dos professores que realizaram greve, apenas no dia 10 de agosto o governo estadual de SP publicou que o pagamento dos dias parados seria realizado no dia 24 de agosto. Porém, após a decisão do TJSP no dia 12 de …

Leia Mais »

Professores de SP: Alckmin fora da lei, reajuste de 0% e aumento dos ataques

No dia 2 de julho, a luta dos professores de SP conseguiu uma importante vitória com a liminar determinando o pagamento integral do salário aos professores que realizaram a maior greve da história da categoria. Contudo, passado mais de um mês, Alckmin só pagou as ausências de maio e, ainda …

Leia Mais »

Greves de professores se espalham pelo país

Em 14 estados brasileiros, professores fazem greves e mobilizações por melhores salários, condições dignas de trabalho, plano de carreira decente e em defesa das conquistas. Contra os ataques dos governos a serviço do capital.

Leia Mais »

A histórica luta pela redução do limite de alunos por sala: abrir salas, cancelar a Duzentena e empregar os professores!

Novamente o ano começa e o Governo Estadual mantém os ataques à categoria dos professores da rede pública estadual de ensino. Insiste na duzentena para 21 mil professores categoria “O”, e inviabiliza que estes pleiteiem aulas no estado, quando nem sequer efetivou todos os aprovados no último concurso.

Leia Mais »