Moisés Adom

Moises Adom

O circo da CPI e a esperança no impeachment

Na última terça-feira, 29 de junho, a CPI da Covid no Senado realizou mais uma sessão em que o Amazonas esteve no centro do debate. Em vez de discutir ou esclarecer os temas, como se propõe a comissão, o que se viu foi a reafirmação do espetáculo patético em que …

Leia Mais »

Amazonas na CPI da Covid: o espetáculo hipócrita de um sistema em crise

No dia 15 de junho, o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campelo foi ouvido na CPI da Covid. Para além da sua incapacidade de explicar as inúmeras irregularidades na saúde do estado e da tentativa dos senadores de salvar suas imagens agora que Bolsonaro está nas cordas, o que …

Leia Mais »

Atentados em Manaus: quando o crime e a burguesia se desentendem

Após dois dias de atentados contra prédios e espaços públicos, Manaus amanheceu neste dia 07 de junho sem ônibus, com unidades de saúde, escolas e comércios fechados e pouquíssimas pessoas na rua. Os ataques estariam acontecendo a mando do Comando Vermelho, facção criminosa que tomou conta da cidade há cerca …

Leia Mais »

Cheia do Rio Solimões escancara o problema habitacional em Manaus

Todos os anos o Rio Solimões, um dos grandes afluentes que formam o Rio Amazonas, passa por um regime de cheia e vazante que pode levar a uma diferença de até 17 metros entre o ponto mais baixo e o ponto mais alto alcançado pelas águas. O fenômeno é provocado …

Leia Mais »

Pará: camponeses e indígenas na luta pelo direito à terra

O Pará viveu em abril uma série de episódios de violência promovidos por grileiros, madeireiros e garimpeiros ilegais contra camponeses e indígenas do estado. Esses episódios apenas renovam um longo histórico que vem desde a ditadura e que a democracia burguesa não é capaz de resolver. Em Anapu, onde a …

Leia Mais »

Capitalismo leva doença, garimpo e morte para os yanomami de Roraima

No ano em que a Covid-19 atingiu mais de 45 mil indígenas no Brasil, os yanomami do estado de Roraima viram a invasão de suas terras por garimpeiros crescer 30%. São 2.400 hectares de destruídos e um rastro de devastação, doença e morte que são a marca do capitalismo por …

Leia Mais »

Tragédia no Acre: alagamentos, pandemia e capitalismo

No fim de fevereiro, o Acre ocupou manchetes de jornal e gerou comoção nas redes sociais por causa da situação de calamidade em que se encontrava após a cheia dos rios em diversas cidades. Com os alagamentos, o estado se torna ainda mais vulnerável à Covid-19 e vê os casos …

Leia Mais »

Amazonas chega a 10 mil mortos por Covid-19 e governo reabre o comércio

No dia 17 de fevereiro o Amazonas chegou à triste marca de 10 mil pessoas mortas por Covid-19 desde o início da pandemia. Dessas, quase metade aconteceram a partir de dezembro de 2020. Menos de uma semana depois, o governador Wilson Lima (PSC) anunciou a reabertura do comércio em Manaus. …

Leia Mais »

Manaus: demissões em massa em meio à pandemia

No dia 8 de fevereiro, donos de bares e restaurantes de Manaus se reuniram na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Alimentos do Estado do Amazonas para anunciar uma série de demissões em massa até o fim do mês. Essa é mais uma movimentação da burguesia manauara para …

Leia Mais »

Amazonas: a pandemia, a vacina e a luta de classes

Novamente o Amazonas se tornou uma amostra de como a pandemia de Covid-19 revela todas as engrenagens sórdidas do sistema capitalista e sua completa incapacidade de garantir à classe trabalhadora condições mínimas de vida. Já afetado por uma primeira onda devastadora entre março e maio de 2020, a partir de …

Leia Mais »