Michel Goulart da Silva

Michelsilva

A segunda onda da pandemia

A estabilidade, ou mesmo a redução no número de novas contaminações e de mortes provocadas pela Covid-19, tem sido um forte argumento para que Bolsonaro, governadores e prefeitos iniciem um processo de retomada do que entendem ser o “normal”. Entre outras coisas, isso mostra o cinismo da burguesia e seus representantes, que desde o início da pandemia procuram, de todas as formas, expor os trabalhadores à contaminação e à morte para garantir o funcionamento do capitalismo.

Leia Mais »

Áustria, Grécia e a crise na extrema direita

Nas últimas semanas, dois acontecimentos chamaram a atenção para a crise na extrema direita da Europa. Uma delas foi o julgamento de membros do Aurora Dourada, da Grécia, que funcionava como uma organização criminosa. O outro acontecimento foi a derrota eleitoral do Partido da Liberdade da Áustria (FPÖ) nas eleições …

Leia Mais »

Marxismo, stalinismo e a burguesia

Em setembro Stalin e o stalinismo voltaram a ser um dos temas mais comentados pela esquerda no Brasil. Desta vez o motivo foi a referência que o músico Caetano Veloso fez, no programa apresentado por Pedro Bial, ao filósofo italiano Domenico Losurdo e aos vídeos de Jones Manoel. O músico …

Leia Mais »

Liberdade e Luta, um passado presente

Neste domingo (04/10) foi anunciada a escolha do documentário “Libelu – Abaixo a ditadura” como melhor filme da mostra competitiva do festival É tudo Verdade. Dirigido por Diógenes Muniz, o documentário conta parte da história da organização de juventude Liberdade e Luta, impulsionada a partir da criação da Organização Socialista …

Leia Mais »

Bolsonaro e a criminalização do comunismo

Na última semana, o deputado federal Eduardo Bolsonaro divulgou em suas redes sociais que apresentou projeto de lei que visa criminalizar quaisquer referências ao nazismo e ao comunismo. O parlamentar, se apresentando como “guardião da liberdade”, afirmou que “devemos combater qualquer ideologia que destrua aspecto tão fundamental na vida do …

Leia Mais »

Os estados operários depois da Segunda Guerra Mundial

As décadas posteriores ao fim da Segunda Guerra Mundial foram marcadas por processos revolucionários em todo o mundo. Muitas dessas revoluções foram derrotadas, em especial por conta da traição de suas direções, como na Espanha e na França, na década de 1930, por parte do stalinismo, e na Bolívia e …

Leia Mais »

Os trotskistas e a “revolução” de 1930

O Brasil que começou a ser pensado a partir da “revolução” de 1930 teria como marca, segundo aqueles mesmos “revolucionários”, a unidade em torno do Estado, devendo todos os cidadãos ser parte do projeto de nação então por eles proposto. Nesse sentido, o presidente Getúlio Vargas teria afirmado, em outubro …

Leia Mais »

Trotsky e a revolução permanente

Além de ser um dos principais dirigentes da Revolução Russa, Trotsky foi também quem apresentou a mais precisa avaliação sobre aquele processo político, sistematizado na teoria da revolução permanente. Essa teoria trata das compreensões expressas por Marx e Engels na análise da dinâmica da revolução de 1848, mostrando que aquele …

Leia Mais »

Florianópolis: a crise da frente de esquerda e os interesses dos trabalhadores

Na última semana veio a público uma divergência no debate sobre a constituição da frente de partidos de esquerda nas eleições municipais em Florianópolis. Essa frente inclui partidos como PCdoB, REDE, PDT, PSB e UP. Em nota pública, o PT denunciou que teria sido acordado que a futura chapa a …

Leia Mais »

O avanço do vírus nos Estados Unidos

No dia 16 de julho, a quantidade de infecções diárias pelo novo coronavírus atingiu mais um recorde nos Estados Unidos, com mais de 77 mil casos notificados em 24 horas. O pico anterior havia ocorrido na semana que antecede este recorde, com 66.600 casos em apenas um dia. Nos Estados …

Leia Mais »