Michel Goulart da Silva

Michelsilva

Um ano de pandemia: o capitalismo e a necessidade da revolução

Há um ano, no dia 11 de março, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que o mundo enfrentava uma pandemia. Essa declaração não significava um mero formalismo, mas sim que tinha sido identificada a transmissão local da Covid-19 em todos os continentes. Naquele dia, os dados oficiais apontavam 118.319 …

Leia Mais »

O lockdown fake de Carlos Moisés e o papel das direções dos trabalhadores

Nos dois últimos finais de semana o governo Carlos Moisés (PSL) decretou o que chamou de lockdown. Trata-se de um conjunto de medidas que, pelo menos no discurso, tem como objetivo diminuir a proliferação da Covid-19 pelo estado e, com isso, desafogar o sistema público de saúde, colapsado em todas …

Leia Mais »

Rosa Luxemburgo, o marxismo e a revolução

Em comemoração aos 150 anos do nascimento de Rosa Luxemburgo, publicaremos uma série de artigos ao longo do ano, analisando a vida e a obra desta grande revolucionária, seus acertos e seus erros. A história de Rosa Luxemburgo está intimamente ligada aos mais importantes eventos do século 20, passando pela …

Leia Mais »

250 mil mortos: a pandemia e a necessidade da revolução

O Brasil se aproxima das 250 mil mortes provocadas pela Covid-19, sendo o segundo país a registrar mais óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos. Esses dados sobre a quantidade de pessoas vitimadas pela Covid-19 se dão num momento em que o país ultrapassa os 10 milhões de casos de contaminação, …

Leia Mais »

A “esquerda” e a crise de direção dos trabalhadores

As eleições do ano passado mostraram um recuo da influência das principais legendas de “esquerda”. O Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), que, além de não vencerem para o Executivo de nenhuma capital, tiveram reduzidos o número de prefeitos e de vereadores. A experiência desses …

Leia Mais »

Os trabalhadores avançam, as direções recuam

A vitória dos candidatos apoiados por Bolsonaro nas eleições para a presidência da Câmara e do Senado pode ser vista como mais uma expressão da falência da esquerda reformista. PT, PCdoB e a direção do PSOL passaram as últimas semanas articulando um bloco com setores da burguesia conjunturalmente insatisfeitos com …

Leia Mais »

Bolsonaro, o negacionismo e a vacina

Em dezembro de 2020, diversos países iniciaram o processo de vacinação de suas populações contra a Covid-19, concentrado principalmente nos mais ricos, cujos governos compraram a maior parte das primeiras doses das vacinas aprovadas. Apesar dessa concentração no centro do capitalismo, na América Latina países como Argentina, Chile e México …

Leia Mais »

O capitalismo, o Estado e a vacina

Desde o começo da pandemia da Covid-19 uma das maiores expectativas tem sido o desenvolvimento de uma vacina que possa conter a proliferação do coronavírus. Nos últimos meses se viu uma corrida de governos e de grandes laboratórios para apresentar o quanto antes uma vacina. Finalmente, nas últimas semanas, governos …

Leia Mais »

Cuba e a revolução de 1959

A Revolução Cubana foi um dos mais importantes processos políticos protagonizados pelos trabalhadores na América Latina. Por décadas, vem enfrentando o imperialismo a poucos quilômetros da fronteira com os Estados Unidos, sofrendo, ainda hoje, com diversos ataques. Além disso, mostrou que os trabalhadores devem lutar para a superação do capitalismo …

Leia Mais »

Trabalho e segregação urbana: apontamentos a partir de Engels

Pensar a obra A situação da classe trabalhadora na Inglaterra, originalmente publicada em 1844, como atual pode parecer uma contradição, na medida em que se trata de um estudo realizado por Friedrich Engels acerca de um contexto social particular vivido há mais de um século e meio. Se for levada …

Leia Mais »