Jorge Martin

Jorge Martin

Chile: acordo entre o governo e a oposição é uma armadilha constitucional

No início da manhã de sexta-feira foi anunciado um acordo entre o governo e a oposição (com a exceção do PC) sobre a elaboração de uma nova constituição. Os pontos centrais do calendário são: Plebiscito em abril de 2020 com duas perguntas: nova constituição SIM ou NÃO; qual seria o …

Leia Mais »

Bolívia: golpe reacionário força Evo Morales a renunciar

No dia 10 de novembro, às 16h50, o presidente boliviano Evo Morales anunciou sua renúncia. Era o culminar de um golpe que vinha se gestando há algum tempo. Um motim da polícia, atiradores de elite disparando contra trabalhadores de minas, um relatório da OEA questionando a validade das eleições e, …

Leia Mais »

Argélia: grandes marchas do Dia da Revolução – agora, preparar uma greve geral!

A grande manifestação de 1 de novembro marca um ponto alto para o movimento argelino Hirak, que ocorre há 37 semanas sem interrupção. O regime decidiu convocar eleições presidenciais em 12 de dezembro, que as massas corretamente rejeitaram. O slogan de uma greve geral para deter as eleições e forçar …

Leia Mais »

Nem a repressão nem as concessões vazias detiveram a revolta chilena

Mais de um milhão de pessoas se manifestaram em Santiago do Chile na sexta-feira, 25 de outubro, no que foi chamado de #LaMarchaMásGrandedeChile (a maior marcha do Chile) – e, certamente, foi maior do que o comício de encerramento da campanha do NÃO em 1988, que reuniu um milhão de …

Leia Mais »

Equador: ameaçado de derrubada revolucionária, governo revoga o decreto 883

Em 14 de outubro, o governo equatoriano de Lenín Moreno revogou o decreto 883. Depois de dias de lutas e mobilizações que atingiram proporções insurrecionais, Moreno foi forçado a fazer uma importante concessão diante do perigo de ser derrubado por meios revolucionários. A revolta de trabalhadores, camponeses e estudantes alcançou …

Leia Mais »

Equador: abaixo Moreno e o FMI – todo o poder à Assembleia do Povo!

O que começou como um protesto contra o pacote do FMI imposto pelo presidente Lenin Moreno se transformou em uma insurreição nacional que coloca a questão de quem governa o país. A enorme mobilização de massas forçou o governo a fugir da capital Quito e a fechar a Assembleia Nacional. …

Leia Mais »

Equador: levantamento de trabalhadores e camponeses – o governo foge da capital

O movimento no Equador contra o pacote de austeridade de Lenín Moreno inspirado pelo FMI, iniciado em 2 de outubro, atingiu proporções insurrecionais. O estado de emergência declarado na quinta-feira e o uso da polícia e do exército (deixando um morto, dezenas de feridos e resultando em centenas de detidos) …

Leia Mais »

Equador: pacote de austeridade do governo provoca um levantamento massivo

O anúncio pelo governo de Lenín Moreno de um pacote de contrarreformas econômicas no valor de 2,2 bilhões de dólares em 1 de outubro deu lugar a manifestações e greves massivas. O governo, que teme perder o controle da situação, respondeu com repressão brutal e ontem, 3 de outubro, declarou …

Leia Mais »

Cuba: as ameaças de Trump, a reforma constitucional e a situação econômica

Após a chegada de Donald Trump ao poder, a posição de Washington acerca da Revolução Cuba se tornou ainda mais beligerante, uma mudança radical em relação à política adotada por Obama. Embora o objetivo final de ambos os governos seja o mesmo – a destruição da Revolução Cubana – Obama …

Leia Mais »