Chico Aviz

Francisco Aviz

De Lula a Bolsonaro: os generais do Brasil no Haiti

A “ajuda humanitária” é uma das ações mais celebrada pelo capital. O assistencialismo, o auxílio material, militar, legal e, inclusive, espiritual são aclamados pela imprensa, pela burguesia e pequeno-burguesia que sentem o peso na consciência ao assistir, presencialmente ou pelas telas, a barbárie alheia. Infelizmente estas práticas também se reproduzem …

Leia Mais »

Pão, fé e terra: luta de classes na Alemanha (1524-1525)

A Alemanha não existia, ao menos não como a conhecemos. O poder estava nas mãos do Sacro Império Romano-Germânico, um conglomerado de territórios multiétnicos na Europa Ocidental e Central, que perdurou do ano 800 a 1806 e foi dissolvido com o advento das Guerras Napoleônicas. Dentre alguns reinos, como da …

Leia Mais »

A crise na CBF e o governo Bolsonaro

Na última semana, publicamos um texto sobre a Copa América de 2021, negada por Colômbia e Argentina, mas aceita pelo governo Bolsonaro, a pedido da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Nas horas seguintes a crise estava instaurada na CBF, quando jogadores e a comissão técnica começaram a manifestar, internamente, desacordo …

Leia Mais »

A Comuna é Imortal: Lênin e Trotsky sobre o Assalto aos Céus de 1871 (parte 2)

PARTE 1 Trotsky e as Lições da Comuna Guerra e Revolução frequentemente se sucedem na história. […] É assim que há 46 anos na França a guerra franco-prussiana de 1870-1871 resultou na revolta dos trabalhadores e na criação da Comuna de Paris. […] A bandeira da Comuna é a bandeira …

Leia Mais »

A Comuna é Imortal: Lênin e Trotsky sobre o Assalto aos Céus de 1871 (parte 1)

A análise materialista e dialética da história nos permite uma compreensão totalizante dos acontecimentos, pois mira holofotes ao passado para uma atuação consequente no presente. Para isto deve servir a historiografia, ser uma escrita destinada à balanços e perspectivas para as gerações, explicando como deram-se os caminhos que nos trouxeram …

Leia Mais »

Bolsonaro e a Copa Covid da América

Todo dia Bolsonaro oferece mais elementos para que a classe trabalhadora se organize para a derrubada de seu governo. Nesta segunda-feira, 31 de maio, o motivo foi seu aceite para a realização da 47ª Copa América no Brasil, um país com mais de 460 mil mortos pela Covid-19. A confirmação …

Leia Mais »

De frente pro vírus: professores e a Covid-19

“Tá lá o corpo estendido no chão […] Olhei o corpo no chão e fechei Minha janela de frente pro crime” Aldir Blanc, 1975. A canção de Blanc fala de um crime cotidiano em uma cidade brasileira, onde muitas mortes ocorrem e acabam sendo banalizadas pela população. Porém, no caso …

Leia Mais »

Março e abril de morte em Santa Catarina

Os governos burgueses no Brasil iniciaram a pandemia contundentes no negacionismo científico diante a pandemia de Covid-19. Suas intenções nunca foram evitar os milhares de corpos se acumulando. Aliás, este nunca poderia ter sido o foco, pois não passam de administradores do balcão de negócios da classe dominante. Durante este …

Leia Mais »

Os voos altos e baixos da águia: Rosa Luxemburgo e a Rússia

A Rússia e a Alemanha formavam o epicentro dos debates teóricos e das ondas revolucionárias do final do século 19 e início do século 20. Nos dois locais, a efervescência política produzida pela revoltosa classe trabalhadora estava sob a influência das sociais-democracias1 e dos sindicatos, onde, de modo geral, os …

Leia Mais »

Crise do capital e pandemia: o desemprego catarinense

A atual crise capitalista tem seu início há pouco mais de uma década, sendo impossível imputar somente à pandemia de covid-19 a recessão econômica, o caos social e a evidente falência deste sistema. Entretanto, obviamente que esta situação se agravou, e tende a piorar, com a crise sanitária internacional, em …

Leia Mais »