Francine Hellmann

Francine Hellmann

O exemplo de Florianópolis para a luta dos trabalhadores

Os trabalhadores da Companhia de Melhoramento da Capital (Comcap), de Florianópolis, estão enfrentando grande truculência por parte do prefeito Gean Loureiro (PMDB). Em greve desde o início da semana, eles manifestam-se contra a transformação desta empresa pública em autarquia e pedem que a frota de caminhões de lixo seja renovada.

Leia Mais »

28/4: manifestação de massas em Joinville

Cerca de 7 mil trabalhadores participaram na manhã do dia 28/4 de manifestação histórica em Joinville contra as reformas do governo Temer, que visam destruir a Previdência e os direitos dos trabalhadores brasileiros. A atividade unificou entidades sindicais e estudantis da região e foi organizada pelo Sindicato dos Servidores Municipais …

Leia Mais »

Conferência da EM discute conjuntura, perspectivas e tarefas

Aconteceu no último domingo (23/4) a Conferência Nacional da Esquerda Marxista 2017, em Barra do Sul, Santa Catarina. Assim como os dois dias de Escola de Quadros que aconteceram nos dias 21 (Confira)  e 22 (Confira), o centenário da Revolução Russa permeou os debates. Participaram militantes delegados de todo o país …

Leia Mais »

Luta contra a Reforma da Previdência em Joinville

Os servidores municipais de Joinville e Itapoá, em Santa Catarina, também foram às ruas contra a Reforma da Previdência ontem (15/3). Cerca de 3 mil pessoas paralisaram suas atividades durante todo o dia e participaram pela manhã de uma atividade pública sobre a Previdência organizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos …

Leia Mais »

Temer “desenterra” projeto sobre terceirização sem limite

Michel Temer (PMDB) e o Congresso Nacional estão empenhados em destruir, no menor prazo, todos os direitos trabalhistas, a Previdência e os serviços públicos do país. Agora, os deputados desarquivaram um projeto de lei de autoria do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), que permite a terceirização na atividade-fim e libera …

Leia Mais »

Atividade lembrou os 16 anos do mandato marxista na Câmara de Joinville

A partir de 31 de dezembro, os trabalhadores e a juventude da cidade não terão mais um ponto de apoio na Câmara de Vereadores de Joinville. Porém, Mariano e todos os militantes da EM continuarão nas ruas, fábricas, bairros, escolas e universidades ajudando a construir um partido revolucionário.

Leia Mais »