Esquerda Marxista

Foice&Martelo 146

Leia online: Editorial: O Brasil e o Mundo Conselheiros tutelares e a falsa polarização entre reacionários e progressistas Greve dos Petroleiros O Congresso da CUT e nossas tarefas A revolução intermitente equatoriana (1ª parte) A Catalunha pode ser a centelha da revolução ibérica A CUT e a “negociação” com Bolsonaro …

Leia Mais »

Foice&Martelo 145

Leia online: Editorial: O imperialismo e a nova onda revolucionária CSP – Conlutas, uma crítica Dívida Pública alcança R$4 trilhões: o que isso significa? Marxistas apresentam tese ao Congresso da APP-Sindicato Setenta anos da Revolução Chinesa: da Formação do Partido à Tomada do Poder Equador se levanta contra ataques do …

Leia Mais »

O imperialismo e a nova onda revolucionária

No Sábado, dia 6 de outubro, Trump telefonou para o Erdogan, Presidente da Turquia, e acertou o fim da proteção que os EUA concedem às tropas curdas na Síria. O objetivo acertado, segundo a imprensa burguesa, é de criar um “corredor” de 30 ou 40km na fronteira entre Síria e …

Leia Mais »

A Lava Jato é uma fraude! Anulação da Lava Jato e Fora Bolsonaro!

A Esquerda Marxista, desde o começo, denunciou os objetivos políticos e econômicos pró-burgueses da Operação Lava Jato. Assim como suas ações abusivas e midiáticas, com injustificadas prisões preventivas e conduções coercitivas, com acusações e condenações sem provas, baseadas em delações premiadas cotidianamente “vazadas” pelos próprios agentes públicos para a grande …

Leia Mais »

Greve na UFSC: a reação diante os cortes

A universidade pública brasileira passa por um momento de ataques profundos, sem precedentes na história. Desde abril, o congelamento de mais de 30% do orçamento de custeio da UFSC fez com que a administração central tomasse medidas para que, segunda a reitoria, fosse possível manter o funcionamento da universidade em …

Leia Mais »

A PM, os assassinatos e a hipocrisia da burguesia

“ … todas as classes e partidos se haviam congregado no partido da ordem, contra a classe proletária, considerada como o partido da anarquia, do socialismo, do comunismo. Tinham “salvo” a sociedade dos ‘inimigos da sociedade’. Tinham dado como senhas a seus exércitos as palavras de ordem da velha sociedade: …

Leia Mais »

A Grã-Bretanha e a Europa

No final do século 19 e inicio do século 20, a Grã-Bretanha dominava os mares do mundo e tinha colônias por toda a Terra. Dominava por volta de 25% das terras e da população mundial. A 1ª Guerra Mundial (1914-1918) levou ao declínio do império. Ao fim da 2ª Guerra …

Leia Mais »