Início / Teoria / Trabalhadores russos prestam homenagem a Lênin

Trabalhadores russos prestam homenagem a Lênin

Lênin faleceu em 21 de janeiro de 1924. Seu corpo está exposto no Mausoléu da Praça Vermelha, em Moscou, capital da Rússia.

No último dia 21 de janeiro, como em todos os anos, trabalhadores russos de todas as idades prestaram homenagens com flores, dedicatórias e outras honrarias ao líder da Revolução de 1917. Mesmo após 20 anos do colapso da União Soviética, o carinho que as pessoas de toda a Rússia têm por Vladmir Lênin se expressa no dia do aniversário de sua morte. As manifestações são tão várias e expressivas que o primeiro ministro da Rússia, Vladmir Putin, ao ser questionado sobre o que o governo pretende fazer com o corpo de Lênin, ele foi enfático em responder que é o povo russo quem decidirá (sic).

Setores ligados à Igreja Ortodoxa e outros segmentos da sociedade russa defendem o enterro do corpo de Lênin, na pretensão de que com isso também irá enterrar um símbolo do período comunista na Rússia. Mas as conquistas que a Revolução de 1917 trouxe à classe operária no mundo inteiro jamais serão “enterradas”, e o legado de Lênin permanecerá vivo para sempre no coração e na mente de todos os lutadores revolucionários do mundo.

Mais de 10 milhões de pessoas de todas as partes do mundo já visitaram o túmulo de Lênin.

Deixe seu comentário

Leia também...

Em defesa de Lenin

Nota da Redação: O presente artigo que trazemos agora ao público brasileiro traduzido do inglês …

Deixe uma resposta