Início / Artigos / Sindical / Trabalhadores municipais de Joinville em luta

Trabalhadores municipais de Joinville em luta

Servidores dão demonstração
de organização e força com paralisação
Manifestantes tomam a entrada da prefeitura
O dia de paralisação dos servidores públicos municipais iniciou à meia-noite desta terça-feira. Vários setores do Hospital Municipal São José e dos Pronto Atendimentos Sul e Norte, estiveram paralisados e atenderam somente aos casos de urgência e emergência. Às 8h da manhã, na concentração convocada pelo Sinsej, mais de dois mil servidores enfrentaram o frio e a chuva e tomaram a frente da Prefeitura. Com faixas, cartazes e muita indignação os servidores mostraram ao Prefeito que não aceitam sua proposta indecente.

Na ausência do Prefeito Carlito Merss, que viajou ontem para Brasília, uma comissão formada por três diretores do Sinsej e outros dez servidores, convocou uma reunião e foi recebida às 10h pela Secretária de Gestão de Pessoas, Márcia Alacon, pela chefe do Gabinete do Prefeito, Maria Ivonete Peixer e um grupo técnico das Secretarias de Fazenda e Planejamento, para tratar das reivindicações dos trabalhadores. Novamente os servidores saíram frustrados. O executivo municipal não desistiu do parcelamento do reajuste e mais uma vez não trouxe nenhuma proposta concreta para os outros itens da pauta de reivindicações.
Mesmo sem novidades o executivo insistiu no discurso de valorização do servidor que foi imediatamente rebatido pelos servidores que compuseram a comissão, que apresentaram aos representantes do Prefeito relatos pessoais das pressões que têm sofrido nos locais de trabalho, além de reafirmar o clima de descontentamento que vem assolando a categoria.

Após a reunião os servidores saíram em passeata pelas ruas do centro da cidade e convocaram toda a comunidade joinvilense a apoiar a causa dos trabalhadores municipais.

Fonte: Sinsej – www.blogdosinsej.blogspot.com

Deixe seu comentário

Leia também...

Uma análise sobre a assembleia do SATED e de seu processo eleitoral

Para que deve servir um sindicato de artistas e técnicos de espetáculos? No dia 4 …