Início / Artigos / Internacional / Trabalhadores do metrô de Londres entram em greve

Trabalhadores do metrô de Londres entram em greve

Paralisação de 24 horas é em protesto pelo corte de 800 postos de trabalho
Os trabalhadores do metrô de Londres começam nesta segunda-feira, 6, uma greve de 24 horas em protesto pelos cortes no emprego, o que ameaça causar transtornos para os três milhões de pessoas que usam diariamente este meio de transporte.

A medida de força, a primeira de outras programadas para o resto do ano, começa às 16h (horário local, 13h de Brasília), a hora do rush da jornada, por isso que a Prefeitura da cidade conta com planos alternativos de transporte, como ônibus e táxis adicionais.
Cerca de 200 trabalhadores dos depósitos de manutenção das linhas Jubilee e Northern iniciaram ontem sua greve de 24 horas, um dia antes do programado pelo resto dos funcionários do metrô.
A greve desta segunda foi convocada depois que na semana passada fracassaram as negociações entre os sindicatos e a direção do Metrô de Londres. Além disso, os trabalhadores farão mais três protestos em 2 de outubro, 1 e 27 de novembro – a partir da mesma hora e por 24 horas -, em protesto pela demissão de 800 empregados.
Fonte: Estadão

Deixe seu comentário

Leia também...

Reforma política: Nosso dinheiro para Bolsonaro, iscas para a esquerda e barreira para as organizações de trabalhadores

Michel Temer sancionou na sexta-feira (6/10) a reforma política, que, entre outros absurdos, desvia um …